Sarney diz que reforma exigiu mudança na Comunicação

Para justificar a decisão de intervir na Secretaria de Comunicação, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou hoje que todos os setores da Casa passarão por uma reforma administrativa, proposta pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), e a TV Senado deverá adotar o sistema de transmissão digital. Segundo Sarney, seu assessor Fernando Mesquita é o melhor homem que podia comandar essa reforma neste momento de modificações tecnológicas.

Agência Estado |

" Conforme notícia antecipada pelo jornal O Estado de S. Paulo , Mesquita, que trabalha há 25 anos com Sarney, substituirá Ana Lúcia Novelli, servidora de carreira que estava no cargo de diretora de Divulgação do Senado desde 30 de abril. A Secretaria de Comunicação engloba a Rádio Senado, a TV Senado e o Jornal do Senado.

"Quanto à substituição na Diretoria de Divulgação do Senado, ela (Ana Lúcia) foi substituída por absoluta necessidade de serviço, uma vez que o senhor Fernando César foi o homem que montou todo o sistema de comunicação desta Casa. Como vamos entrar com a Fundação Getúlio Vargas e com as reformas da TV digital, eu achei que ele era o melhor homem que podia comandar essa reforma neste momento de modificações tecnológicas que vamos enfrentar. Não tem nenhuma relação com o comportamento da ex-diretora Ana Lúcia, nem também do pessoal que faz os nossos noticiários", disse Sarney, logo depois que o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), cobrou explicações.

A assessores, Sarney tem reclamado da cobertura jornalística que os serviços de comunicação do Senado têm feito sobre a crise. Para o senador, as medidas administrativas tomadas para conter a crise interna, por exemplo, não têm tido o mesmo espaço que o noticiário referente às denúncias contra ele. Hoje, Sarney negou, entretanto, que essa seja a causa da mudança na Diretoria de Divulgação. "A troca não tem nenhuma relação com o comportamento da Ana Lúcia, que é uma funcionária exemplar. Inclusive conversei com o primeiro-secretário, o senador piauiense Heráclito Fortes, DEM, que concordou com a troca", disse Sarney.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG