Sarney diz que não sabia de festa sexy em Fundação

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse hoje que não é informado sobre os eventos realizados no Convento das Mercês, em São Luís (MA), sede da Fundação José Sarney, e que por isto não soube da festa temática sexy ocorrida lá, no último dia 7, com 1.500 pessoas.

Agência Estado |

A fundação está em vias de fechar as portas e alega estar sem recursos financeiros para continuar funcionando. O Estado de S. Paulo informou em sua edição de hoje que a festa contou com o som das garotas do Female Angels, cuja especialidade, além do estilo musical, sexy house, é a sensualidade das integrantes e houve, durante o evento, até distribuição de camisinhas, segundo relatou o organizador da festa.

"Eu estou afastado da fundação, não tenho nenhuma interferência administrativa e não sei o que está acontecendo", disse Sarney hoje, no Senado, ao negar que tenha participação no conselho diretor da instituição. Construído em 1654, o Convento das Mercês é sede da Fundação José Sarney desde 1990.

As despesas são bancadas por amigos e dinheiro público. Um dos patrocínios partiu da Petrobras - o Estado revelou que, do R$ 1,3 milhão, R$ 500 mil foram para empresas fantasmas ou da família Sarney. A Justiça Federal determinou que a fundação devolva o convento, tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional, mas a decisão ainda não foi cumprida.

Leia mais sobre José Sarney

    Leia tudo sobre: sarney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG