Sarney destaca virtudes do Congresso em lançamento de campanha

BRASÍLIA - O presidente do Congresso Nacional, José Sarney (PMDB-AP), lançou nesta quarta-feira, juntamente com o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), uma campanha publicitária com o intuito de recuperar a imagem do Parlamento, arranhada pelos constantes escândalos. Intitulada ¿O Congresso faz parte da sua história¿, as peças apresentam Leis que melhoraram a qualidade de vida dos brasileiros.

Severino Motta, repórter em Brasília |

Muitas vezes no Brasil só se fala dos defeitos [do Congresso]. Se fala pois é o único Poder que decide com o povo influindo (...) [A campanha] É para que o povo não olhe o parlamento só por seus erros e imperfeições, disse.

Ao todo, são seis peças publicitárias que vão ser veiculadas em redes públicas de rádio e televisão. Os temas selecionados foram a licença maternidade, o código de defesa do consumidor, o seguro-desemprego, o direito dos trabalhadores domésticos, o código de transito brasileiro e a Lei Maria da Penha.

Em cada uma delas um cidadão dá seu depoimento sobre as Leis criadas pelo Congresso. De acordo com Sarney, todos foram voluntários para a campanha.

O presidente da Câmara, Michel Temer, ressaltou diversas Leis aprovadas pelo Congresso para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. Ele ainda alegou que o Parlamento é o Poder mais criticado pois é o mais aberto.

Por ser o mais aberto, é o mais aberto às críticas (...) Nos momentos em que existiu silêncio do Legislativo [durante a ditadura], existiu silêncio da sociedade. As críticas são saudáveis pois mostram a interação entre o Congresso e a sociedade, ponderou.

Temer ainda destacou que as fases de maior prestígio do Congresso se dão após períodos de ditadura, quando o Legislativo era amordaçado ou fechado. De acordo com ele, a cada 25 ou 30 anos, na história do Brasil, o Parlamento era trancado, e é preciso tomar cuidado para que isso não aconteça novamente.


Leia mais sobre: Senado - Câmara

    Leia tudo sobre: senado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG