Sarney defende Temer como vice de Dilma em 2010

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou hoje que o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), é o principal nome do partido para se candidatar a vice-presidente na chapa que deve ser encabeçada pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT). Sarney negou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva interferirá na escolha do vice.

Agência Estado |

Na semana passada, Lula sugeriu que o PMDB faça uma lista com os nomes de três candidatos à vaga de vice de Dilma.

"O presidente Lula não teve intenção nenhuma de interferir dentro do PMDB, até mesmo porque ele sabe que o PMDB é um partido que tem sua própria norma e maneira de ser e sabe que nós vamos escolher o nosso candidato a vice-presidente dentro do partido, dentro do acordo que estamos construindo com o PT", afirmou Sarney.

"E dentro do partido, evidentemente, o nome que nós temos e que é o nosso grande nome é o do presidente do partido (Michel Temer). Todos nós vamos daqui pela frente fazer com que essa aliança seja feita em torno de dele", disse o presidente do Senado após participar de solenidade no Supremo Tribunal Federal (STF) em que foi feito um balanço do 2º Pacto Republicano.

Leia mais sobre Eleições 2010

    Leia tudo sobre: dilma rousseffeleições 2010michel temersarney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG