Sarkozy está confiante na venda dos aviões Rafale ao Brasil

WASHINGTON (Reuters) - O presidente francês, Nicolas Sarkozy, disse confiar que será realizada a venda de caças Rafale franceses ao Brasil, depois de reunir-se na manhã desta terça com o presidente brasileiro Luis Inácio Lula da Silva em Washington, nos bastidores da cúpula sobre a segurança nuclear. Estou confiante. As coisas estão avançando exatamente como previmos que avançariam. Estamos perfeitamente alinhados com o que foi dito e feito um ano atrás, na minha viagem ao Brasil, acrescentou o chefe de Estado francês durante coletiva de imprensa.

Reuters |

Na semana passada o ministro brasileiro da Defesa, Nelson Jobim, declarou que a Aeronáutica brasileira tende em favor do Rafale, construído pelo grupo francês Dassault Aviation, apesar de seu custo ser mais alto do que as aeronaves concorrentes.

Brasília, que quer comprar 36 caças, está nas últimas etapas do processo de escolha relativo à aquisição das aeronaves, por um valor de mais de 4 bilhões de dólares, que deverão ser montadas no Brasil. O contrato pode acabar envolvendo mais de 100 aviões.

Os três aparelhos finalistas na disputa pela aquisição são o Rafale, o Gripen, fabricado pela empresa sueca Saab, e o F-18 Hornet, da norte-americana Boeing.

A empresa francesa Dassault espera vencer a disputa lançada por Brasília para equipar sua Força Aérea e conta que as negociações exclusivas tenham início este ano.

(Por Emmanuel Jarry)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG