A Justiça Militar condenou hoje o sargento Laci de Araújo a seis meses de detenção num processo em que ele é acusado de deserção. Laci de Araújo ficou conhecido em todo o País depois que revelou que mantinha um relacionamento homossexual de 10 anos com o ex-sargento Fernando Alcântara.

De acordo com informações da Justiça Militar, ele pode recorrer em liberdade da decisão.

O julgamento ocorreu na 11ª Circunscrição Judiciária Militar, em Brasília. Segundo informações do órgão, Araújo teria se exaltado no julgamento e foi levado ao serviço médico. Depois de atendido no serviço médico, ele não voltou ao julgamento.

Araújo foi acusado de deserção por ter faltado ao serviço. Ele alegou que não trabalhou porque estava com problemas de saúde. Araújo foi preso depois de ter revelado em uma entrevista o relacionamento amoroso que mantinha com Alcântara. O militar ficou preso durante quase dois meses. Foi solto depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu um habeas-corpus em julho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.