Sargento atira em colega após briga em batalhão no Rio

Uma discussão entre dois sargentos, dentro do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em São Cristóvão, na zona norte do Rio de Janeiro, terminou na morte de um deles, nesta tarde

AE |

Uma discussão entre dois sargentos, dentro do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em São Cristóvão, na zona norte do Rio de Janeiro, terminou na morte de um deles, nesta tarde. Os policiais iniciaram uma briga na tesouraria do quartel e chegaram a se agredir. O policial militar Alexandre da Cunha Araújo, de 39 anos, atirou em Isaías Alves Santana, de 45. Em seguida, abordou um motorista que passava em frente ao batalhão e fugiu no carro dele.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Militar, Araújo seguia para a Corregedoria Geral Unificada, no centro do Rio, onde pretendia se entregar. Mas foi detido na portaria do prédio, Avenida Presidente Vargas, por oficiais do 4º BPM.

Araújo foi levado para o Hospital Central da Polícia Militar, onde passou por exames psiquiátricos. Ele prestaria depoimento ainda esta noite à Delegacia de Homicídios da Polícia Civil. Ferido, o sargento Santana chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital. A assessoria de imprensa da PM não informou qual foi o motivo da discussão.

    Leia tudo sobre: NACIONAL-GERAL

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG