São Paulo terá programa de prevenção ao câncer bucal

Com o objetivo de prevenir e diagnosticar precocemente o câncer de boca, 32 postos de orientação à população serão instalados na capital paulista entre amanhã e sexta-feira. O programa, que visa a atender principalmente pessoas de baixa renda, com difícil acesso aos consultórios dentários, é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde e do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (Crosp).

Agência Estado |

No local, os profissionais darão orientação sobre como realizar o autoexame da boca e como identificar lesões que podem progredir para o câncer. Havendo a suspeita da doença, os pacientes serão encaminhados para biópsia e exame anatomopatológico em dois hospitais públicos e seis faculdades de Odontologia.

O tipo mais frequente de câncer de boca é o carcinoma espinocelular, uma lesão agressiva, pouco conhecida pela população e cujo diagnóstico costuma ser tardio. “No Brasil, o câncer de boca ocupa a quinta posição entre os homens e a nona entre as mulheres. Seu aparecimento está ligado a vários fatores, principalmente à associação do fumo e do álcool”, explica o presidente do Crosp, Emil Razuk.

Nos dias de atendimento serão distribuídos 300 mil folders com orientações sobre como realizar o autoexame, as principais alterações que indicam a presença de um câncer e os principais fatores de risco. Mais informações e o endereço dos postos de atendimento podem ser obtidos na Secretaria Municipal da Saúde ou pelo telefone 0xx11 3549-5500. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG