São Paulo terá 8,6 mil vagas de curso técnico em salas ociosas

SÃO PAULO - A Secretaria de Desenvolvimento e a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo firmaram um convênio para abrir cursos técnicos gratuitos em escolas estaduais. Até 2010, serão 8. 665 vagas noturnas em salas ociosas de 97 escolas. Desse total, 6.520 serão abertas já no segundo semestre de 2009, em 74 unidades da rede.

Agência Estado |

Os cursos serão ministrados por professores das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs), geridas pelo Centro Paula Souza.

O projeto faz parte do plano do governo para a expansão do ensino técnico e profissionalizante, que prevê também a inauguração de Etecs e Faculdades de Tecnologia (Fatecs), além da criação de 600 vagas para cursos técnicos em 10 Centros Educacionais Unificados (CEUs) da capital ainda neste ano. O investimento total é de R$ 300 milhões em 2009, afirma o secretário de Desenvolvimento do Estado, Geraldo Alckmin.

Cada escola estadual terá até três turmas por semestre, com até três cursos técnicos. Os candidatos, que devem estar na 2ª ou 3ª série do ensino médio ou já tê-lo concluído, participação de um processo seletivo específico no dia 12 de julho. Para as vagas já existentes nas Etecs, o vestibulinho será no dia 21 de junho. As unidades com salas disponíveis foram indicadas pela Secretaria da Educação, que vistoriou os espaços para conferir as condições e avaliar adaptações necessárias.

As reformas serão feitas pela Secretaria da Educação e os laboratórios de informática serão instalados pelo Centro Paula Souza. O objetivo, segundo Alckmin, é otimizar espaços que ficaram vagos com a diminuição do número de alunos de ensino médio no período noturno. O aproveitamento desses espaços será uma economia de recursos públicos, além de tornar mais rápida a abertura de vagas. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia mais sobre: curso técnico

    Leia tudo sobre: curso

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG