sofisticado de casa a cada três dias, segundo o governo - Brasil - iG" /

São Paulo tem um roubo sofisticado de casa a cada três dias, segundo o governo

A Secretaria da Segurança Pública fez um estudo sigiloso sobre os roubos a residências em São Paulo e concluiu que 223 (um em cada três dias, em média) podem ser considerados sofisticados. Os dados foram reunidos pelas Polícias Civil e Militar e vão de 1º de janeiro de 2008 a 30 de junho deste ano.

Agência Estado |

Para considerar um "roubo sofisticado", ele precisa ter como característica a invasão da casa ou prédio por mais de dois assaltantes, usando armas, disfarces ou outros métodos que indiquem um mínimo de organização.

A Polícia Militar e a Coordenadoria de Análise de Planejamento (CAP) da secretaria dividiram esses roubos entre os praticados por quadrilhas organizadas e especializadas nesse tipo de delito (cerca de 35%) e aqueles feitos por grupos semiamadores, que migraram recentemente para essa atividade (65%).

São crimes semelhantes aos registrados nos últimos dias nos Jardins e Alto de Pinheiros, como os roubos às casas dos secretários de Estado Guilherme Afif Domingos (Emprego e Relações de Trabalho) e Luiz Roberto Barradas (Saúde) e ao imóvel do filho do deputado estadual Antônio Salim Curiati.

Apurações feitas pelo Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) mostram ter havido migração de ladrões de banco e de caixas eletrônicos para os roubos a residências. Isso e o crescimento nos casos de arrastão em condomínios no Estado - foram 36 neste ano ante 7 em 2008 - levaram à decisão da Secretaria da Segurança Pública de criar a 4ª Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, do Deic, especializada para apurar esses delitos.

Leia também:

Leia mais sobre assalto

    Leia tudo sobre: assalto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG