SÃO PAULO (Reuters) - São Paulo registrou nesta quarta-feira três mortes por gripe H1N1 no Estado, elevando para 25 o número de vítimas fatais da doença no país. Um bebê de um ano e seis meses, do Grande ABC, faleceu no dia 18, mesma data da internação. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o paciente tinha histórico clínico de anemia.

O município de Valinhos, na região de Campinas, registrou a morte de uma mulher de 27 anos. A paciente foi internada no dia 14 e faleceu no dia 19, informou a assessoria de imprensa da Prefeitura. Outro óbito no município está sob investigação.

A outra morte ocorreu no município de Itapetininga, no sudoeste do Estado. Trata-se de um homem de 26 anos, morador da capital, segundo a Vigilância Epidemiológica da município.

O paciente, que estava de passagem pela cidade, foi internado no Pronto Socorro municipal e morreu no dia 18, de acordo com o órgão.

Das mortes registradas no país, 12 foram em São Paulo, 11 no Rio Grande do Sul, uma no Rio de Janeiro e outra no Paraná.

Um novo boletim de casos da nova gripe no país deve ser divulgado nesta quarta-feira pelo Ministério da Saúde.

(Por Hugo Bachega)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.