São Paulo reforça amanhã mutirão para limpar bueiros

Uma força-tarefa para limpar galerias pluviais, bueiros e bocas de lobo começa amanhã, em São Paulo, e deve mobilizar 200 equipes, formadas por funcionários das subprefeituras e da Sabesp. O objetivo da mobilização é evitar que resíduos sejam levados para córregos e rios, numa tentativa de reduzir o impacto das chuvas que atingem a cidade há 36 dias consecutivos.

Agência Estado |

Os serviços serão válidos para o período das chuvas, estimado até o mês de março.

A força-tarefa fará o trabalho de limpeza manualmente e com uso de máquinas durante as madrugadas e nos finais de semana. A meta da Prefeitura é que todos os bueiros e bocas de lobos passem por limpezas mensais. Inicialmente, serão utilizados 27 caminhões com bombas de sucção.

O mutirão de limpeza com equipes da Prefeitura começou no dia 23. Foram recolhidas 2,6 mil toneladas de lixo, realizadas 5.364 limpezas em bocas de lobo e de 90 poços de visita, além da retirada de entulho em 300 quilômetros de vias e de córregos da cidade.

Também foram cobertos 2.500 buracos em ruas e avenidas. A operação foi realizada nas principais vias das 31 subprefeituras, reuniu cerca de 5 mil homens e contou com 433 veículos das subprefeituras e 17 caminhões da Sabesp (bombas de sucção).

Com a inclusão da Sabesp à força-tarefa, o foco de atuação será as áreas das subprefeituras mais atingidas pelas fortes chuvas dos últimos meses. Os equipamentos são caminhões autovácuo capazes de sugar os resíduos (secos ou pastosos de qualquer natureza). A capital possui 400 mil bocas de lobo e 57 mil bueiros.

Com 419,5 milímetros registrados até dia 26, janeiro de 2010 é o mês mais chuvoso em 15 anos na cidade, desde que foram iniciadas as medições do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), em 1995.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG