São Paulo recebe retrospectiva de Nicolas-Antoine Taunay

São Paulo, 18 jul (EFE) - Uma inédita retrospectiva do artista francês Nicolas-Antoine Taunay (1755-1830) foi inaugurada hoje na Pinacoteca de São Paulo, como parte da programação cultural pelos 200 anos da chegada da Corte portuguesa no Brasil.

EFE |

A mostra do pintor do chamado movimento da "Missão Francesa" reúne cerca de 70 obras nas quais o artista estabelece "um diálogo original entre a tradição classicista francesa, as paisagens iluminadas de Roma e as vistas tropicais do Rio de Janeiro", destacou a Pinacoteca em comunicado.

A curadora Lilia Moritz Schwarcz reuniu, para um ciclo de palestras que ocorrerá até 7 de setembro, especialistas na obra do artista, como Alberto da Costa e Silva, Claudia Valladão de Mattos, Elaine Dias, José Murilo de Carvalho, Luciano Migliaccio, Luiz Marques, Rodrigo Naves, Valeria Lima e Valéria Piccoli.

A exposição, a primeira com uma coleção exclusiva do artista, já foi exibida no Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro e conta com a colaboração do Palácio de Versalhes da França, o Victoria & Albert Museum de Londres e o Museu Nacional de Arte Antiga de Lisboa.

A mostra conta com o apoio dos museus Imperial (RJ) e Paulista (SP), além da Fundação Eva Klabin.

Taunay começou a carreira artística aos 13 anos em Paris na Academia Real de Pintura e Escultura, e depois esteve na Academia da França, em Roma.

Posteriormente, integrou o círculo de pintores de Napoleão Bonaparte e, em 1816, chegou ao Brasil com outros artistas europeus da Missão Francesa para fundar a Academia Imperial de Belas Artes do Rio de Janeiro. EFE wgm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG