São Paulo já registrou 180 casos de dengue este ano

Em menos de cinco meses, a capital paulista já registrou 83% dos casos de dengue de todo o ano passado. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde e se referem apenas às contaminações ocorridas na cidade.

Agência Estado |

Foram 180 casos de 1º de janeiro deste ano até o último dia 6. No ano passado, foram 216. Dos 96 distritos de São Paulo, 46 já registraram ao menos uma contaminação por dengue.

Todas as regiões tiveram contaminação. Em toda a zona leste, foram 63 casos, divididos por 18 distritos. Na zona sul, a maior concentração é nos bairros Jardim Ângela (16), Campo Limpo (11) e Vila Andrade (8). A dengue atinge áreas nobres. O Jardim Paulista, na zona sul, teve sete casos. O bairro abrange a Rua Oscar Freire - símbolo do comércio de luxo da cidade.

No ano passado, São Paulo havia conseguido uma vitória expressiva contra a dengue. De 2.624 atingidos em 2007, a cidade observou queda para 216 no ano passado. Os números estão distantes, ainda, do mínimo desde 2002, de 10, atingido em 2004, segundo os dados disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Os agentes de saúde foram autorizados pela Prefeitura de São Paulo para entrar, sem obtenção de decisão judicial, em imóveis vazios suspeitos de abrigarem focos de mosquito da dengue. O aval foi dado em portaria da prefeita em exercício, Alda Marco Antônio (PMDB). Gilberto Kassab (DEM), o titular, está em viagem ao Japão.

A medida será utilizada, segundo a Secretaria de Negócios Jurídicos, apenas quando o imóvel estiver desabitado - o texto do documento fala ainda em “estado de abandono” - e o proprietário não for localizado. Nessa situação, diz a pasta, a Prefeitura de São Paulo entende que é desnecessária uma autorização judicial. A pasta argumenta, em nota, que entrar em imóvel abandonado “não caracteriza invasão de domicílio”. As informações são do Jornal da Tarde .

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG