São Paulo faz Virada Cultural em prol de Santa Catarina

SÃO PAULO - Entre às 18h do próximo sábado, dia 6, e às 18h do domingo (7), diversos artistas vão se apresentar no Teatro Sérgio Cardoso em uma edição especial da Virada Cultural, em prol das vítimas das chuvas no Estado de Santa Catarina.

Redação |

Acordo Ortográfico

Quem abre as 24 horas de eventos é o grupo musical Tribores. Espetáculos de dança, música, teatro e circo seguem pela noite de sábado até a tarde de domingo.

As entradas para as apresentações serão cobradas em forma de doações para a população de Santa Catarina. Podem ser doados alimentos, roupas, água potável, produtos de limpeza e produtos de higiene íntima (fraldas descartáveis infantil e adulto, absorvente íntimo, pasta de dente, shampoo, sabonete).    

Os artistas não cobrarão cachê pelas apresentações. A Virada é organizada pela Secretaria de Estado da Cultura em parceria com a Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA).

Veja a programação de shows da Virada Cultural

SÁBADO ¿ Dia 06

Saguão
18h ¿ Música
Tribores

Grupo formado em 2002, o trio reuniu-se com o objetivo de apresentar uma forma própria, diferenciada e divertida de tocar e fazer música, num show que explora os movimentos do ato de tocar percussão.
Com um repertório de músicas próprias, o intuito do grupo é aproximar o gênero erudito do popular, utilizando inclusive técnicas da percussão escocesa.

Saguão
19h - Circo
Circo Invisível

De forma imagética e com muito humor, o mímico Edgar Bustamante recria o universo mágico do circo apresentando números como do adestrador de elefantes, o mágico Rudine, o atirador de facas, entre outros.

Teatro
20h ¿ Dança
Pedrinho Luz, Pedrinho Sapopemba

Após um ano de vivências artístico-culturais e ensaios desenvolvidos por profissionais com jovens dos bairros Cidade Tiradentes e Sapopemba, os "Pedrinhos" mostrarão o potencial destes jovens que participam de Fábricas de Cultura. Trazendo ao palco a dança, a  música, o teatro e o circo, os espetáculos são criados considerando o repertório cultural  de  cada  localidade.

Saguão
21h ¿ Música
Ceumar

Ceumar tem tres discos gravados: "Dindinha 2000", " Sempre Viva 2003" e "Achou! De 2006", este junto com Dante Ozzetti. No começo de 2009, a cantora lançará um trabalho inédito somente com canções de sua autoria. Ceumar que já se apresentou em Itajaí, Santa Catarina, promete cantar seus maiores sucessos neste espetáculo.

Saguão
21h30 ¿ Música
Badi Assad

Nos palcos, a brasileira Badi Assad revela-se uma das artistas mais completas do momento. Ela canta, dança, toca violão e transforma seu próprio corpo numa percussão. Com mais de oito CDs lançados pelo mundo, Badi também já foi eleita uma das melhores violonistas do planeta pela revista americana Guitar Player.

Saguão
22h - Circo

Ricardo Malerbi, Uma Série de Surpresas
Ricardo  Malerbi é mágico e co-fundador do grupo Oculto do Aparente e apresenta no Teatro Sérgio Cardoso um ato internacional com música predominantemente  brasileira, com uma série de efeitos mágicos. 

Teatro
22h30 - Música
Ludov

Na estrada desde 2002, o quarteto paulistano fomado por Vanessa Krongold (vocal), Mauro Motoki (guitarra, teclado), Habacuque  Lima  (guitarra, baixo) e Paulo Chapolin (bateria) já lançou dois discos: "O Exercício das Pequenas Coisas" e o recente "Disco Paralelo". No Video Music Brasil, em 2004, receberam o prêmio "Videoclipe Revelação" com a música "Princesa".

DOMINGO ¿ Dia 07

Saguão
0h ¿ Música e Dança
Mutrib - Música dos Balcãs e Beth Gerwitz - danças circulares

O grupo Mutrib nasceu da convergência dos interesses musicais multiculturais de instrumentistas do cenário musical paulistano. O show é um amplo mosaico das culturas do mediterrâneo oriental, tido como um grande eixo que interliga, desde a Antiguidade, Ocidente e Oriente. O show é um mosaico dessas culturas, uma grande viagem musical que vai do Magreb, atravessando Turquia, Palestina, Síria, Israel, e chegando ao leste europeu (Albânia, Grécia, Macedônia, Romênia e Bulgária).  

Saguão
1h ¿ Performance
Mariana Piza, "Formas-Me"

Performance na qual o público e a artista estarão envolvidos em uma mesma ação. A performer Mariana Piza, vestida com um macacão de peças de LEGO, estará em exposição em uma cadeira de tubos de PVC. O público será construtor da obra a partir da interação com Mariana, encaixando outras peças no macacão, compondo sua forma.

Teatro
1h15 ¿ Música
Marina de La Riva

Filha de mãe brasileira e pai cubano, a cantora estreou no ano passado em CD com seu nome, no qual funde a música e os ritmos da ilha de Fidel à tradição da nossa MPB. Com participação de Chico Buarque em uma das faixas, o repertório é sensual e dançante, refinado como a mistura de Cuba com Brasil. Marina destaca-se como uma das revelações de novas intérpretes nacionais.

Teatro
2h ¿ Teatro
Risoterapia

Risoterapia é uma comédia com texto e interpretação de Nilton Rodrigues, onde o enredo é conduzido por cinco personagens (o médico que desenvolveu o método da Risoterapia como cura, a pessimista, o toc, a botocada e a atriz). A loucura, as neuroses, os preconceitos, o estresse contemporâneo e outras questões relevantes da sociedade são temas do espetáculo, que de forma bem humorada proporciona reflexão e riso aos espectadores.

Teatro
2h30 - Música
Cachorro Grande

Eles se conheceram nas ruas de Porto Alegre anos 90. Fizeram shows pelo País até chegarem ao grande público, em 2005,  com o CD "Pista Livre". Agora, com o novo "Todos os Tempos", a banda apresenta seu som inspirado no rock dos anos 60 e 70.

Saguão
10h- Teatro Infantil
"Os Três Porquinhos", Grupo Furunfunfun

Espetáculo dramático-musical que transcende o universo infantil e atinge também o público adulto. Os conflitos entre natureza e cultura, o velho e o novo, verdade e mentira, discórdia e conciliação, são apresentados numa linguagem acessível, privilegiando sempre a improvisação e a participação da platéia, recontando de maneira criativa a história dos três Porquinhos.

Saguão
11h ¿ Música
Léa Freire e Teco Cardoso Quinteto

Lea Freire "flautas", Teco Cardoso "sax", Tiago Costa "teclado", Fernando de Marco "contra-baixo" e Edu Ribeiro "bateria". Cinco dos mais renomados instrumentistas brasileiros apresentam um repertório com choros, sambas, maracatus e outros ritmos, unindo o popular ao erudito, o formalismo à improvisação com o melhor da música brasileira.

Saguão
11h40 ¿ Circo
Circo Vox

O espetáculo "Curta A Temporada" tem o estilo do novo circo, misturando palhaços, ilusionistas, acrobatas, contorcionista e malabarista à magia do canto, luz negra e imagens em vídeo, possibilitando de maneira cômica e nonsense um espetáculo de visual apurado e linguagem contemporânea. Sem apresentador e animais, o público se entretém do início ao fim. Os personagens Bobí (Gallo Cerello) e Judite (Elena Cerântola) dividem o picadeiro com Zirabel (Bia Karfig) e a feroz Tânia de Oliveira.

Teatro
12h ¿ Teatro de Improvisação
Jogando No Quintal

O Jogando no Quintal entrou em seu 6º ano em cartaz. O improviso é o tema central do espetáculo, baseado na estrutura de um jogo de futebol, onde os palhaços do elenco criam as cenas a partir de temas sugeridos pelo público, que também atua elegendo as melhores improvisações.

Saguão
13h - Música
Òctrombada, Miscelânia e Kinconkros-Pra Cantar e Imaginar

Desde 2001 o ÓcTrombada desenvolve seu trabalho nas áreas artística e educacional com música e teatro para públicos de todas as idades. Formado por artistas-educadores, pesquisa sua linguagem com um trabalho cênico que utiliza a voz e a percussão corporal. Numa mescla de dois espetáculos do seu repertório, Miscelânea e Kin Con Krof ¿ pra cantar e imaginar, o grupo canta divertidas canções pra rir e emocionar.

Saguão
13h30 ¿ Música
Caracaxá, De Recife a São Paulo

Fundada em 2003, a Cia Caracaxá trabalha a música e dança das diferentes nações de maracatu, inspirada nas particularidades de cada uma delas. Por meio de arranjos idealizados pela própria Companhia, são feitas releituras da música e da dança do Maracatu Nação de Baque Virado, folguedo popular tradicional do Estado de Pernambuco e existente há mais de dois séculos.

Teatro
14h ¿ Dança
"A Joaninha", Ballet Stagium

"Danças da Ilha de Santa Cruz" coreografado por Décio Otero e dirigido por Marika Gidali possibilitou um amplo estudo da história do Brasil. Danças étnicas, contemporânea, danças de roda sacra e profana, dança de rua, a mistura das músicas eruditas e populares e o estudo do poema "Navio Negreiro", de Castro Alves, aproximaram a criança da nossa diversidade cultural. Enfatizou-se, também, a conscientização do Estatuto da Criança e do Adolescente, tornando os alunos e seus familiares conhecedores da possibilidade de uma sociedade mais justa.


Saguão
15h - Contação de Histórias
Giba Pedroza

Giba Pedroza é contador de histórias e pesquisador de literatura infantil e tradição oral há vinte anos. Em 2004, lançou o CD "Livro Girasonhos Roda de Estórias", no qual realizou diversos espetáculos e recebeu diversos elogios da critíca. Ele lança agora o CD Contos de Todos os Cantos, que nasceu da fusão de seu trabalho com os trabalhos da cantora, instrumentista Renata Mattar. Neste disco eles apresentam músicas e histórias tradicionais, literatura e cultura
infantil de diversos povos, fazendo um passeio lúdico por contos, trava-línguas, cantigas populares e canções de alguns países.

Saguão
15h30 - Contação de Histórias
Lidia Engelberg

A atriz Lídia Engelberg conta histórias utilizando exclusivamente a voz, o corpo e o espaço. A apresentação terá duas histórias: um conto de fadas (A Bruxa Salomé) e um "causo" (Gretel a Esperta).

Teatro
16h - Circo ou Música
A confirmar

Saguão
17h ¿ Música
Banda Paralela

A Banda Paralela foi fundada em meados de 1993 através do encontro informal de alguns músicos da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo. Fazer música de vários estilos a partir de instrumentos de sopro e percussão virou a assinatura do grupo. A farda colorida inspirada nas fanfarras caiu tão bem que virou uniforme. De maxixe a dance music, tudo é possível apenas com os instrumentos acústicos, que são sete: saxofone barítono, escaleta, saxofone alto, trompete, trombone, bumbo e caixa/prato.

Teatro
18h- Dança
Pedrinho Luz

Leia também:

Leia mais sobre: chuvas em Santa Catarina

    Leia tudo sobre: enchentes santa catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG