São Paulo e Rio de Janeiro estão prontos para comemorar o Réveillon

RIO DE JANEIRO - A tradicional queima de fogos na praia de Copacabana, zona sul do Rio, e o palco que receberá artistas consagrados em São Paulo já estão prontos para as comemorações do Réveillon.

Redação |

Acordo Ortográfico

Em Copacabana, a festa vai contar com elementos que lembram o Ano Internacional da Astronomia, celebrado em 2009. A data é uma homenagem aos 400 anos desde as primeiras observações telescópicas dos corpos e fenômenos celestes realizadas pelo cientista italiano Galileu Galilei, em 1609.

De acordo com o diretor de Operações da Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur), Bruno Matos, o público vai acompanhar diversas imagens sobre o tema, como estrelas, cometas e planetas que serão formadas no céu pelos fogos de artifício. Para o espetáculo, serão utilizadas mais de 24 toneladas de explosivo e 19,6 mil bombas. O show de fogos deve durar aproximadamente 20 minutos. Será a queima de fogos mais bonita já vista em Copacabana, afirmou Matos.

Preparativos em Copacabana para o réveillon
Preparativos em Copacabana para o Réveillon / AE

Os cerca de 2 milhões de pessoas que devem participar da festa em Copacabana vão assistir também a shows musicais e a apresentações de escolas de samba a partir das 19h de hoje. O palco terá oito lados e 7 metros de altura, o que, segundo os organizadores, permitirá que o público acompanhe as apresentações de qualquer lado da estrutura, montada na altura da Rua Figueiredo de Magalhães. Além disso, quatro telões espalhados pela orla prometem levar a festa a quem estiver mais distante.

Além de Copacabana, haverá queima de fogos na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade, no Piscinão de Ramos e na Penha, na zona norte, e na Ilha de Paquetá. Em outros pontos, como a Praia da Bica, na Ilha do Governador, também na zona norte, na Pedra de Guaratiba e em Sepetiba, ambas na zona oeste, haverá shows com apresentações musicais.

Festa na Avenida Paulista

A 12ª edição do Réveillon na Paulista será a maior já realizada. O evento terá apresentação do cantor Daniel, das bandas Skank e Babado Novo e da campeã do carnaval de São Paulo em 2008, a Vai-Vai, que encerrará a festa.

O tema do evento deste ano será São Paulo e o mundo se encontram aqui, em uma referência às diferentes culturas e etnias que formam a cidade. O palco de 800 m² foi montado entre as ruas Ministro Rocha de Azevedo e Frei Caneca, com uma cenografia composta por telões e painéis eletrônicos, simulando um imenso porta-retrato.

A festa terá início às 20h de hoje e se estenderá até às 2h30 da manhã. Após a meia-noite, haverá 15 minutos de um espetáculo pirotécnico produzido por 100 mil fogos de artifício e mais de seis mil bombas multicoloridas, número 30% maior do que no ano passado.

Também está programada uma chuva de 5 milhões de confetes metalizados e 10 mil balões multicoloridos nas imediações do palco. Os espectadores poderão acompanhar tanto os shows quanto os fogos através de caixas de som e 12 painéis de alta resolução distribuídos pelos dois quilômetros da Paulista.

A prefeitura recomenda o uso do metrô para chegar à região, já que as três linhas vão operar ininterruptamente durante a madrugada. Cerca de 2,5 mil integrantes da Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana, CET e seguranças da produção foram destacados para garantir o bem-estar do público.

Depois da festa, a limpeza da avenida será realizada com o auxílio de caminhões pipa e 200 funcionários da prefeitura, para que o trânsito seja liberado logo no início da manhã.

Leia também:

Leia mais sobre: Réveillon

    Leia tudo sobre: avenida paulistacopacabanareveillonréveillon

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG