O governo paulista publicou ontem convocação pública para que entidades sem fins lucrativos assumam a gestão do Hospital Brigadeiro, na zona sul de São Paulo. A unidade será o primeiro hospital antigo do Estado que será terceirizado.

Em setembro, a aprovação de uma nova lei ampliou a participação das entidades qualificadas como organizações sociais na saúde, permitindo que não só serviços novos como também os antigos pudessem ser terceirizados. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.