Santos vence Inter e se afasta da zona de rebaixamento

O Santos fez mais uma vez sua torcida sofrer e só conseguiu vencer o Internacional neste domingo por 1 a 0, na Vila Belmiro, graças a um lance de extrema felicidade do atacante equatoriano Quiñonez. Com 43 pontos, o time está quase livre do rebaixamento, enquanto o Inter parou nos 51 e definitivamente disse adeus às chances de se classificar para a Libertadores.

Agência Estado |

Confuso e sem criatividade, o Santos deixou a torcida apreensiva e encheu de moral o time reserva do Inter, que só cumpria tabela, mas criou e desperdiçou várias chances no primeiro tempo. O time de Márcio Fernandes exibiu um jogo lento, sem criatividade. Por pouco não foi para o intervalo perdendo. No Inter, os atacantes Guto e Daniel Carvalho se movimentavam bastante e nos primeiros minutos de jogo os gaúchos tiveram duas chances claras. Na primeira, Douglas abafou chute de Guto. Depois, com o zagueiro Orozco, que da marca do pênalti chutou por cima.

O Santos, por sua vez, tocava a bola como se fosse ganhar a qualquer momento. E só melhorou na segunda etapa com as alterações - em especial a entrada de Quiñonez, que havia algum tempo não aparecia em campo, no lugar de Molina.

O time passou a arriscar mais, e em um lance de sorte, chegou ao gol, aos 24 minutos: o equatoriano arriscou de fora da área, a bola sairia longe do gol; mas ela bateu em Gustavo Nery e entrou no canto direito, enganando o goleiro. Sem muito interesse, o Santos continuou só tocando a bola e nem pensou em buscar o segundo gol, contentando-se com o placar de 1 a 0.

Ficha técnica

Santos - Douglas; Wendel, Domingos, Adaílton e Kléber (Adriano); Roberto Brum, Pará, Molina (Quiñonez) e Bida; Cuevas (Michael) e Kléber Pereira. Técnico: Márcio Fernandes.

Internacional: Lauro; Bustos, Danny Morais, Orozco e Gustavo Nery; Maycon, Sandro, Rosinei e Daniel Carvalho (Rodrigo Paulista); Taison (Válter) e Guto (Luiz Carlos). Técnico: Tite.

Gol - Quiñonez, aos 24 minutos do segundo tempo.
Árbitro - Héber Roberto Lopes (Fifa-PR).
Cartões amarelos - Wendel (Santos); Bustos, Taison e Orozco (Internacional).
Renda e público: não disponíveis.
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG