Santelisa está perto de acordo com companhia francesa

A multinacional francesa Louis Dreyfus Commodities (LDC) e a Santelisa Vale, segunda maior produtora de açúcar e álcool do Brasil, anunciaram ontem ter chegado a um acordo sobre os termos da associação entre elas. Também foi concluído um entendimento sobre a reestruturação de dívida com os principais credores da Santelisa.

Agência Estado |

Em nota, as empresas afirmam, porém, que o acordo final ainda não foi assinado.

Entre as pendências, segundo as empresas, está a busca de um acordo com os demais credores da Santelisa, assim como com os acionistas minoritários. Anunciado em 6 de abril, o acordo de compra dos ativos da Santelisa Vale pela LDC previa três meses para que o grupo francês tomasse a decisão final. Os três meses expiram esta semana.

A reestruturação da dívida da Santelisa com os grandes credores envolve uma carência de até três anos para o início de pagamento, com prazo de 12 anos para a quitação, além de transformação de parte dos débitos em participação acionária. Segundo fontes próximas à negociação, o acordo também prevê a realização de abertura de capital (IPO) da empresa a ser formada com a fusão da LDC e Santelisa, como parte da reestruturação da dívida.

Com essas operações, a LDC e a Santelisa teriam conseguido reestruturar 60% da dívida - orçada em mais de R$ 3 bilhões pelo mercado - que estava nas mãos de quatro grandes bancos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG