Santa Catarina registra rajadas de vento de mais de 150 km/h

Urubici, cidade que neste mês registrou as maiores ocorrências de neve do Estado, registrou ventos de tempestade tropical

iG São Paulo |

A frente fria que avança pelo Sul do País nesta sexta-feira provocou chuva, rajadas de vento e derrubou a temperatura novamente na região. A associação desta frente fria com um ciclone extratropical no oceano na altura do litoral de RS, e a aproximação de uma intensa massa de ar polar, resultaram em ventos superiores a 150km/h em pontos de Santa Catarina.

De acordo com Centro de Informações de Recursos Ambientais de Santa Catarina (Ciram), em Urubici, as rajadas de ventos tiveram magnitude de tempestade tropical de categoria 2, com ventos que vão de 154km/h a 177km/h. Já em Siderópolis, na Barragem São Bento, o vento teve magnitude de tempestade tropical de categoria 1, que variam de de 119km/h a 153km/h.

No fim de semana, a máxima não ultrapassa os 11ºC em Porto Alegre (RS) e a mínima pode chegar aos 3ºC. Em Florianópolis (SC), a temperatuva deve cair mais de 5ºC entre esta sexta-feira e o sábado. Os termômetros devem ficar entre 7ºC e 15ºC. Pode nevar nas serras gaúcha e catarinense. Em Curitiba (PR), segundo o Inmet, há possibilidade de geada e a temperatura pode chegar a 0ºC no domingo.

Já na noite desta sexta-feira, a frente fria chega à região Sudeste. Em São Paulo, o dia ficará nublado e pode chover à tarde no leste do Estado e à noite na capital no sábado. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), as temperaturas entram em acentuado declínio os termômetros devem oscilar entre 9ºC e 20ºC.

No Rio de Janeiro a queda de temperatura será ainda mais drástica. Os cariocas devem aproveitar esta sexta-feira para curtir o sol, já que amanhã os termômetros despencam 10ºC. A máxima de 30ºC prevista para esta sexta-feira será de apenas 20ºC no sábado.

O calor e umidade provocam pancadas de chuva no Norte do Brasil. Conforme o Inmet, o tempo ficará instável no leste da Bahia, Paraíba e de Pernambuco.

Tempo seco no Centro-Oeste

Em Brasília não chove desde o dia 26 de maio e, segundo o Inmet, não há previsão de chuva pelo menos para os próximos 10 dias. Na terça-feira, o índice de umidade do ar chegou a 16% na cidade. Camila Ramos, do Climatempo, explica que a situação foi ainda mais crítica no Aeroporto Internacional de Brasília, onde o índice chegou a 7%, por volta das 15h, o menor do ano.

No fim de semana, o índice de umidade do ar continua baixo. Goiânia (Go) e Brasília têm máxima prevista de 28ºC e mínima de 14ºC. Em Cuiabá (MT), a temperatura máxima, que deve chegar aos 31ºC nesta sexta-feira, não deve ultrapassar os 25ºC.

*Com informações do iG São Paulo

    Leia tudo sobre: climasanta catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG