BRASÍLIA - A Diretoria de Vigilância Sanitária de Santa Catarina informou nesta sexta-feira que estão confirmados 242 casos de leptospirose nos municípios atingidos pelas enchentes povocadas pelas chuvas no estado. O prefeito de Blumenau, João Paulo Kleinubing, é um dos doentes no município, que tem 53 pessoas contaminadas e está em segundo lugar na relação divulgada pela vigilância sanitária.

A estatística é liderada por Itajaí, com 64 casos, seguindo-se Blumenau (53), Joinville (17), Camboriú (13), Tijucas (11), Jaraguá do Sul (9), Florianópolis (9), Gaspar (9), Balneário Camboriú (8), Ilhota (7), Itapema (7), São João Batista (5), Timbó (4), Navegantes (4), Palhoça (3), Santo Amaro da Imperatriz (3), Indaial (3), Itapoã (2), São Francisco do Suul (2), São José (2), Brusque (2), Biguaçu (1), Canelinha (1), Rio dos Cedros (1), Guabiruba (1) e Luiz Alves (1).

A leptospirose é uma doença infecciosa grave, provocada pela bactéria leptospira, presente nos rins dos roedores domésticos e transmitda ao homem pela urina desses animais. O período de inccubação dura de um a 30 dias e os sintomas são febre alta, dor de cabeça e dores musculares. Nos casos mais graves, icterícia (coloração amarelada na pele e nos olhos), insuficiência renal, hemorragias e alterações meurológicas que podem causar a morte.

As autoridadebrs sanitárias recomendam que qualquer caso suspeito deve ser imediamente comunicado à unidade de saúde mais próxima para tratamento, devido ao alto risco que a doença representa para o paciente.

Leia mais sobre: chuvas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.