Você tem mais informações sobre as enchentes? Envie seu relatohttp://minhanoticia.ig.com.br/ target=_top http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/11/24/sobe_para_24_total_de_mortos_pelas_chuvas_em_sc_2129014.htmlSobe para 43 o total de mortos pelas chuvas em Santa Catarina http://ultimosegundo.ig.com.br/tempo/Veja a previsão do tempo para a sua cidade " / Você tem mais informações sobre as enchentes? Envie seu relatohttp://minhanoticia.ig.com.br/ target=_top http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/11/24/sobe_para_24_total_de_mortos_pelas_chuvas_em_sc_2129014.htmlSobe para 43 o total de mortos pelas chuvas em Santa Catarina http://ultimosegundo.ig.com.br/tempo/Veja a previsão do tempo para a sua cidade " /

¿Santa Catarina enfrenta a pior tragédia climática da história¿, diz governador

FLORIANÓPOLIS - O governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, afirmou durante entrevista, nesta manhã de segunda-feira, que o Estado ¿enfrenta a pior tragédia climática da história¿. As chuvas fortes e contínuas atingem a cidade há mais de 60 dias. http://minhanoticia.ig.com.br/ target=_topVocê tem mais informações sobre as enchentes? Envie seu relatohttp://minhanoticia.ig.com.br/ target=_top http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/11/24/sobe_para_24_total_de_mortos_pelas_chuvas_em_sc_2129014.htmlSobe para 43 o total de mortos pelas chuvas em Santa Catarina http://ultimosegundo.ig.com.br/tempo/Veja a previsão do tempo para a sua cidade

Redação |

Acordo Ortográfico

É uma crise climática que precisa de união de todos, disse Silveira, que já decretou situação de emergência no Estado. A prioridade, pelo que ele disse, é o atendimento aos desabrigados e o resgate das pessoas que estão em áreas de risco. Após a crise, deverá ser feito um levantamento de danos e prejuízos para buscar recursos com o  Governo Federal.

O governador disse também que já conversou com o presidente Lula, com os governadores do  Rio Grande do Sul, Ieda Crusius e do Paraná, Roberto Requião e com os ministros de Saúde, José Gomes Temporão, da Defesa, Nelson Jobim e da Integração, Geddel Vieira Lima. O Governo Federal deve disponibilizar medicamentos, cestas básicas, colchões, cobertores, travesseiros e materiais de limpeza.

Na entrevista, Silveira apelou para que  as pessoas evitem deslocamentos longos e acompanhem a situação das rodovias antes de sair de casa. O diretor estadual da Defesa Civil, major Márcio Luis Alves, que também estava presente, disse que não descarta a ocorrência de novos deslizamentos de terra e possíveis soterramentos, como os ocorridos na BR-101, no Morro dos Cavalos, e na SC-401, próximo a Cacupé, em Florianópolis.

Além dos problemas com os mortos e desabrigados, Santa Catarina enfrenta problemas no abastecimento de gás, água, energia elétrica, rodovias, e soterramentos, em diversas cidades.

Rodovias

De acordo com o secretário de Estado de Infra-estrutura, Romualdo França, o prejuízo da malha viária catarinense pode ser superior a R$ 30 milhões. Mas ele ponderou que, para ter a noção exata, é preciso fazer a avaliação de todas as rodovias danificadas e das pontes. Todas as equipes de engenheiros disponíveis já estão fazendo avaliações e o levantamento de possíveis soluções. Um balanço deve ser divulgado pela Secretaria nos próximos dias, afirmou.

Veja aonde as rodovias estão fechadas para o tráfego:

  • BR-101: nos quilômetros 235, 163 ao 169, 113, 99, 192, 140, 268, na ponte dos Navegantes e na ponte de Tijucas lado sul
  • BR-280: nos quilômetros 69, 73, 35, 79
  • BR-376: nos quilômetros 670 e 684, incluindo a divisa entre Paraná e Santa Catarina
  • BR-470: nos quilômetros 33, 41 e 57
  • SC-401: no quilômetro 14
  • SC-474, 416 e 418: interditadas no acesso a Blumenau
  • SC-410: na altura que liga a BR-101 a Governador Celso Ramos
  • SC- 302: no quilômetros 147
  • SC-466: no quilômetro 71
  • SC-408: nos quilômetros 0 e 5
  • SC-411: nos quilômetros 5 e 7,9
  • SC-470: nos quilômetros 5, 15, 17 e 38

O trânsito está sendo feito por meia pista nas rodovias: SC-438, no quilômetro 137; SC-404, no quilômetro 3.300;  SC-438, no quilômetro 138; SC-430, no quilômetro 29;  SC-486, no quilômetro 14.

Estão alagados os quilômetros: 88, da SC-408; 5,19 e 35 da  SC-470; 5, 15,19, 20 e 35 da  SC-470

Recomendações

Em seu site, a Defesa Civil recomenda que, no caso de alagamentos, a população evite o contato com as águas que podem estar contaminadas e causar doenças. Outro conselho é não dirigir em lugares alagados.

Moradores de áreas vulneráveis a deslizamentos devem ficar atentos para o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e inclinações de troncos de árvores ou postes.

A comunidade pode acionar a Defesa Civil através do telefone 199. Veja outras recomendações para os moradores .


Leia mais sobre:
Santa Catarina

    Leia tudo sobre: chuvachuvassanta catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG