Santa Casa apura morte de mulher após lipoaspiração

SÃO PAULO - A Santa Casa de Santa Rita do Passa Quatro informou que abriu uma sindicância interna para apurar as causas da morte da professora Luciene Gomes Leitão, de 43 anos, que morreu após uma lipoaspiração. A vítima faleceu no último sábado, na Beneficência Portuguesa, em Ribeirão Preto, mas havia sido operada em Santa Rita do Passa Quatro.

Redação |

Acordo Ortográfico

A professora foi operada no início da manhã do dia 1º de outubro e, à noite, transferida para Ribeirão Preto.

A família de Luciene suspeita que o hospital tenha demorado demais para transferi-la para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) após a operação com problemas.

Leia mais sobre: mortes

    Leia tudo sobre: lipolipoaspiraçãomortemortes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG