Com relação à reportagem Cade confirma medida cautelar em fusão de laboratórios, distribuída ontem, a assessoria de imprensa da empresa farmacêutica Sanofi-Aventis divulgou nota hoje esclarecendo que, ao contrário do informado pela Agência Estado, a negociação do grupo farmacêutico francês com a brasileira Medley não se tratou de uma fusão. A Medley foi comprada pela Sanofi-Aventis.

"A aquisição da Medley pela Sanofi-Aventis foi concluída em 27 de abril de 2009", diz nota da companhia.

Em relação à decisão do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) anunciada ontem, o grupo esclarece ainda que os efeitos da aquisição não estão suspensos nem congelados. "As operações da Medley continuarão sendo desenvolvidas de forma completamente separada e autônoma e não haverá fusão com a Sanofi-Aventis", explica a nota. O que o Cade fez foi proibir as empresas de fazer alterações societárias, fechar ou desativar empresas da Medley, demitir funcionários ou transferi-los entre as companhias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.