Salvador registra 5º dia de ataques; mais dois ônibus são queimados em protesto

SALVADOR - Mais dois ônibus foram queimados entre a noite de quinta-feira e a manhã desta sexta-feira em Salvador, na Bahia. No quinto dia de ataques na cidade, um ônibus foi incendiado por volta das 22h de quinta-feira, em Pero Vaz, periferia da cidade; e outro, no bairro de Águas Claras. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, ninguém ficou ferido.

Redação com agências |

Futura Press
Ônibus queimado na manhã desta sexta-feira em Salvador

Ônibus queimado na manhã desta sexta-feira em Salvador

Desde o início dos ataques, na noite de domingo, 14 ônibus e dez bases da Polícia Militar (PM) foram depredadas supostamente por integrantes de uma quadrilha de tráfico de drogas conhecida como Comando da Paz, que tinha como líder Cláudio Eduardo Campanha.

Segundo a polícia, os ataques estariam vinculados à transferência de Campanha, de Salvador, para o presídio de segurança máxima de Campo Grande, no Estado do Mato Grosso do Sul, na semana passada.

Na quinta-feira, o governo da Bahia transferiu mais 14 presos acusados de coordenar os ataques. Os presos foram levados para o Presídio Federal de Catanduvas, no Paraná.

"Seguramente a nova onda aconteceu por causa da transferência dos presos para o presídio de Catanduva. Acreditamos que integrantes do segundo escalão da facção estão no comando destes ataques", afirmou o secretário de Segurança Pública, César Nunes.

O secretário descartou a possibilidade de uma intervenção da Força Nacional de Segurança Pública. Para ele, o trabalho coordenado das polícias civil e militar é suficiente para contornar a situação. "As equipes estão nas ruas com blitze e viaturas em locais estratégicos. No momento, não há necessidade de pedir ajuda à Força Nacional, mas, se for preciso, pediremos, assim como já recebemos da Secretária Nacional de Segurança Pública e do Ministério da Justiça na transferência dos presos", disse. 


Presos são transferidos; veja vídeo

Leia também:

Leia mais sobre: violência

    Leia tudo sobre: ataque do pccataquesônibus incendiado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG