Salgueiro vence o Carnaval do Rio após 16 anos

Rio de Janeiro, 25 fev (EFE).- O Salgueiro venceu hoje, após 16 anos, o desfile do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro, com o enredo Tambor, sob o comando do carnavalesco Renato Lage e que mostrou a importância do instrumento na história da humanidade.

EFE |

O Salgueiro, que no ano passado tinha ficado com o vice-campeonato, atrás da Beija-Flor, recebeu hoje 399 pontos de 400 possíveis nas dez categorias examinadas pelo júri.

O segundo lugar ficou justamente com a Beija-Flor, com 398 pontos, por seu enredo sobre a água e a história do banho como prática de higiene.

A Beija-Flor chegou à Sapucaí como a escola a ser batida, depois de ter conquistado o título em cinco dos últimos seis carnavais.

A terceira posição ficou com a Portela, com 397,90 pontos, seguida pela Vila Isabel, com 397,60, e a Grande Rio, com 396,90.

A última colocação ficou com a Império Serrano, que somou 390,70 e no ano que vem terá de desfilar no Grupo de Acesso.

O Salgueiro, que desfilou na noite de segunda-feira e encerrou sua passagem pelo Sambódromo aos gritos de "é campeã", recriou na Sapucaí a história do tambor com oito carros alegóricos e 4.200 integrantes distribuídos em 36 alas.

Em seu desfile, representou o tambor na pré-história, os rituais com este instrumento na África tribal e em outras culturas, sua importância como meio de comunicação, no folclore brasileiro e na música contemporânea.

Apesar de no início de seu desfile a escola ter apresentado problemas mecânicos com alguns de seus carros alegóricos, os integrantes do Salgueiro conseguiram resolvê-los a tempo e tiveram uma apresentação praticamente perfeita para o júri e as mais de 70 mil pessoas que lotaram o Sambódromo na noite de segunda-feira.

O título conquistado hoje é o nono na história da escola da Tijuca, que não ficava com a principal glória do Carnaval desde 1993.

A escola tinha conquistado antes os títulos em 1960, 1963, 1965, 1969, 1971, 1974, 1975 e 1993.

O Salgueiro surgiu como grande favorito desde o início da apuração das notas, e depois de ver suas principais concorrentes perderem pontos nos diferentes quesitos pôde finalmente comemorar o tão esperado título.

"Foi uma emoção muito grande", disse à Agência Efe a modelo Viviane Araújo, rainha da bateria do Salgueiro.

As cinco primeiras colocadas do Grupo Especial e a vencedora do Grupo de Acesso voltarão ao Sambódromo no próximo sábado para o Desfile das Campeãs. EFE joc/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG