Saiba mais sobre as vítimas do soterramento em Angra dos Reis

O soterramento de parte da pousada Sankay e casas de veraneio na Praia do Bananal, na Ilha Grande, e de casas no Morro da Carioca, ambos em Angra dos Reis, causou a morte de pelo menos 41 pessoas no primeiro dia do ano de 2010. Entre os corpos identificados, estão a filha dos donos da pousada, um grupo de amigos de Arujá e famílias que passavam o réveillon no litoral fluminense.

iG São Paulo |

Yumi Faraci

Reprodução
A filha dos donos da pousada, Yumi Faraci
A mineira Yumi Faraci  teve um sonho interrompido de tornar-se cantora causado pelo deslizamento da encosta na pousada de propriedade dos seus pais.

No YouTube, Yumi, de 18 anos, mantinha uma página pessoal não só cantando músicas de bandas e artistas famosas - como Coldplay e Joss Stone - como também interpreta uma canção de sua autoria. A página do vídeo, publicado há 1 ano, já conta com mais de 40 comentários de amigos, colegas e outros usuários do YouTube que lamentam sua morte.

Grupo de Arujá

Em uma das casas de veraneio atingidas havia 17 pessoas de um grupo de amigos da cidade paulista de Arujá que costumavam passar o ano novo juntos. Pelo menos nove corpos de integrantes do grupo já foram encontrados .

Divulgação
Marcio Baccin e Giovanni: vítimas
Entre os mortos, estão o casal Márcio e Cecília Baccin. Márcio tinha 31 anos, era músico e natural de Arujá. Morava em Salvador, Bahia, com a esposa Cecília Baccin Secco, de 30 anos. Cecília estava grávida de seis meses do segundo filho. O primeiro filho do casal, Giovanni, de 4 anos, também foi vítima fatal no soterramento. Também foram encontrados os corpos dos noivos Natália Pacheco e Ricardo Ferreira da Silva.

Família Repetto

Em outra casa alugada, duas crianças de uma mesma família morreram: as irmãs Gabriela, de 9 anos, e Geovana, de 12. A mãe, Cláudia Cristine Ribaski Brazil Repetto, de 42 anos, está internada UTI do Hospital Copa D'Or, no Rio, mas não corre risco de morte.

Dezenas de pessoas deixaram mensagens de pesar nos perfis das irmãs no site de relacionamentos Orkut . "Gi, desde o maternal juntas... isso não é pra qualquer um, não é mesmo? Pois é, você já deve imaginar o quanto eu vou sentir sua falta, você significa muito pra mim, por isso eu digo: descanse em paz, e desejo que voce vá para um lugar ainda melhor que esse!!! Pode acreditar, sempre desejarei o melhor pra voce em qualquer lugar, na terra, no céu, no mar, isso não importa. Sei que voce ainda estará aqui pertinho de mim, tambem desejando o meu melhor, porque é isso que amigas fazem, ajudam umas as outras em qualquer hora ou em qualquer lugar. E eu sei também que você vai estar sempre nos observando lá de cima, dando a luz pra que novos caminhos iluminados se abram em nossas vidas, com a ajuda de um anjo. Gi, eu só quero que saiba que eu te amo demais pra sempre," escreveu Larissa, amiga de Giovanna.

Na mesma casa, morreram Renato de Assis Repetto e sua mulher, Ilza Maria Roland. Ilza, de 50 anos, engenheira carioca, se definia em seu perfil no Orkut como "uma metamorfose ambulante", citando a canção de Raul Seixas. Gostava de diversos tipos de músicas, da MPB à clássica ("Só não vale axé," escreveu na página da internet). Se considerava "espiritual, mas não religiosa"; tinha como paixões os amigos, os animais, as plantas, a natureza e o esoterismo; e gostava de caminhar e fazer ioga. No Orkut há uma foto dos filhos de Ilza em Angra, tirada em dezembro.

Família Narciso/Carvalho

Onze pessoas da mesma família morreram no deslizamento de terra no Morro da Carioca. Ana Cláudia Narciso, parente das vítimas, contou ao iG, por telefone, que sua mãe, irmãos, cunhados e sobrinhos morreram no desastre. Eduarda Narciso, de 64 anos, era a matriarca da família. A cunhada Maria de Fátima Carvalho, de 38 anos, estava entre as vítimas, juntamente com seus filhos.

O IML divulgou onze nomes de mortos no Morro da Carioca: Estefane Carvalho Pereira Narciso, Rayane Carvalho Narciso, Poliana Carvalho Narciso, Kayane Carvalho Narciso, Maria de Fátima Carvalho , Rafael Emídio de Carvalho, Aparecida Emídio Carvalho, Isabela Emídio Carvalho, Lucimar Emídio Carvalho Ricarte dos Santos Reis e Davi Lucas Emídio de Carvalho.

Leia mais sobre: Sankay - Angra dos Reis

    Leia tudo sobre: angra dos reispousada sankaysoterramento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG