Marina Silva nasceu no dia 8 de fevereiro de 1958, na colocação (espaço explorado por uma família dentro do território do seringal) Breu Velho, no Seringal Bagaço, a 70 quilômetros de Rio Branco, capital do Acre.

AE
A ministra desde pequena trabalhou com os pais cortando seringueiras e plantando roçados. Após fazer o supletivo, aos 26 anos, formou-se em História pela Universidade Federal do Acre.

Na faculdade, entrou para um agrupamento político semiclandestino, o Partido Revolucionário Comunista (PRC), que posteriormente seria incorporado ao PT. Em 1985, ela filiou-se ao PT e passou a participar das Comunidades Eclesiais de Base, de movimentos de bairro e do movimento dos seringueiros.

Em 1984, foi fundadora da Central Única dos Trabalhadores (CUT) no Acre, que teve Chico Mendes como seu primeiro coordenador, com Marina atuando como vice-coordenadora. Nas eleições municipais de 88, foi a vereadora mais votada em Rio Branco e conquistou a única vaga de partidos de esquerda na Câmara Municipal.

Exerceu seu mandato de vereadora até 1990. Nesse ano candidatou-se a deputada estadual e obteve novamente a maior votação. Em 1994 foi eleita senadora da República, representante do Estado do Acre, pelo Partido dos Trabalhadores, com a maior votação. Na época, aos 36 anos, foi a senadora mais jovem da história da República. Foi Secretária Nacional de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Partido dos Trabalhadores, de 1995 a 1997.

De janeiro de 2003 a maio de 2008, ela esteve licenciada do Senado para assumir o Ministério do Meio Ambiente, de onde saiu no dia 13 de maio de 2008, retornando à Casa. Marina Silva está em seu segundo mandato no Senado Federal, com duração até 31 de janeiro de 2011. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.