A Companhia de Saneamento Básico do Estado (Sabesp) informou hoje que compensará na conta do mês de referência março os 750 mil moradores afetados pelo rompimento de adutora na zona sul de São Paulo, no último domingo. Segundo a Sabesp, quem consumiu o equivalente à tarifa mínima - até 10 mil litros - terá conta zero.

A medida afetará cerca de 300 mil pessoas. Os outros 450 mil moradores que ficaram sem água terão o valor dos 10 mil litros descontados do total de sua conta. Um consumidor residencial conectado à rede de água e esgoto terá uma compensação de R$ 27,28.

A adutora, localizada entre as avenidas Chucri Zaidan e Roque Petroni Júnior, foi consertada na terça-feira, mas pontos isolados da região do Butantã, na zona oeste da cidade, e de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, ainda não tiveram o fornecimento totalmente restabelecido. De acordo com a Sabesp, o problema nessas áreas será normalizado durante esta madrugada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.