Sabesp reforça abastecimento de água no litoral paulista

Como parte da Operação Verão lançada pelo governo paulista, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) adotou iniciativas para reforçar o abastecimento de água no litoral. As ações estão concentradas nas regiões que apresentaram problemas pontuais de abastecimento em outras temporadas, diz nota divulgada pela assessoria de imprensa do governo do Estado.

Agência Estado |

"Neste verão, a Sabesp trabalha com a hipótese de uma demanda sem precedentes", diz o texto. A companhia observa que, no litoral, o consumo costuma ultrapassar a média diária de uso de 150 litros de água por pessoa. Além de investimentos em infra-estrutura, o órgão realizará uma campanha de uso consciente até o fim do verão.

No litoral sul, a principal obra foi a construção de dois reservatórios no Guarujá, com investimento de R$ 13 milhões. O empreendimento permitiu o aumento da capacidade em 43%, de 16 para 25 milhões de litros de água. A Sabesp estima que, com estes reservatórios, é possível garantir o abastecimento de aproximadamente um milhão de pessoas, o equivalente a quase quatro vezes a população fixa do município.

Na Praia Grande, o investimento em obras foi de R$ 1,5 milhão, com aumento do bombeamento de água para os reservatórios. A capacidade de abastecimento da cidade subiu 61,5%, de 800 mil para 1,3 milhão de pessoas. Com isso, a Sabesp pode optar por redirecionar parte do abastecimento de água para os municípios de Itanhaém, Mongaguá e Peruíbe, caso necessário.

Em São Sebastião, no litoral norte do Estado, o sistema de abastecimento foi trocado e o fornecimento passou de 1,8 milhão de litros/hora para 2,4 milhões de litros/hora, ou 32,5% a mais do que no ano passado. O investimento na região foi de R$ 6,2 milhões em obras de captação, tratamento e distribuição de água, o que possibilitou um aumento de 13% na capacidade de abastecimento. O fornecimento passou de 117,4 milhões de litros por dia para 125 milhões de litros por dia. Com as melhorias, é possível atender a 800 mil pessoas num único dia.

Ainda de acordo com os dados da assessoria, no decorrer de 2008, o governo paulista disponibilizou cerca de R$ 15,1 milhões para obras nas cidades do litoral sul e R$ 6,2 milhões para o litoral norte, totalizando um investimento de R$ 21,3 milhões.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG