estado de emergência - Brasil - iG" /

Ruínas de Pompéia são declaradas em estado de emergência

Roma, 4 jul (EFE).- O Conselho de Ministros italiano declarou hoje o estado de emergência do enclave arqueológico de Pompéia, devido a sua contínua deterioração, e a nomeação de um comissário extraordinário encarregado de supervisionar as ruínas.

EFE |

A declaração foi adotada por proposta do ministro de Bens Culturais, Sandro Bondi, para quem "a decisão se tornou necessária por causa do permanente estado de negligência e degradação no qual se encontra o lugar há muito tempo".

As ruínas de Pompéia e todo seu enclave arqueológico ocupam 440.000 metros quadrados e são declaradas patrimônio da humanidade pela Unesco.

Em uma reportagem publicada pelo jornal "Corriere della Sera" se denunciava o estado de abandono sofrido por Pompéia onde, segundo os especialistas entrevistados, todos os anos desaparecem cerca de 150m2 de afrescos e reboco por falta de manutenção.

Pompéia, situada no sul da Itália, foi uma cidade romana na qual a vida foi sepultada no dia 24 de agosto do ano 79 d.C., após a erupção do vulcão Vesúvio, o que permitiu sua conservação quase que intacta até a idade contemporânea. EFE alg/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG