Ruas alagam e rios transbordam com chuva em SP

A forte chuva que atingiu a cidade de São Paulo desde o início da madrugada de hoje provocou alagamento de ruas e o transbordamento de córregos: Jaguaré (zona oeste), Ipiranga (sudeste) e Morro do S e Pirajuçara (sudoeste), colocando estas regiões em estado de alerta. O Rio Tamanduateí também transbordou junto à Avenida do Estado, na região do Ipiranga.

Agência Estado |

Na região do Butantã, algumas casas foram invadidas pela água na Avenida Rio Pequeno, no Rio Pequeno, e na Rua Doutor Ulpiano da Costa Manso, no Jardim Periperi. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou diversos pontos de alagamento da cidade, vários deles intransitáveis.

A chuva também deu muito trabalho para os bombeiros na maioria das cidades do Grande ABC. Muitas pessoas ligaram para o 193 solicitando auxílio por estarem ilhadas em suas casas. Foram pelo menos dez regiões, entre elas Vila Pauliceia e 31 de Março, em São Bernardo do Campo; Piraporinha, em Diadema; e bairro da Fundação, em São Caetano do Sul.

Deslizamentos

O aposentado Roberto de Fazzio, de 75 anos, morreu soterrado em um desabamento na Pompeia, zona oeste da capital paulista. A terra de um barranco próximo deslizou com as águas da chuva e derrubou a casa da vítima. Por volta das 4 horas, o corpo do aposentado foi retirado do local por equipes do Corpo de Bombeiros.

Também foi registrado o desabamento de um barranco na Avenida Sumaré, na região de Perdizes, zona oeste de São Paulo. A terra atingiu o trailer onde mora o caseiro José Pereira de Oliveira, de 58 anos. Ele acordou com o estrondo do deslizamento e conseguiu deixar o trailer pela parte de trás. Sofreu apenas pequenas escoriações nas mãos. "Eu vivi de novo. Dou graças a Deus que eu e o meu cachorro, o Mailon, estamos vivos", disse.

Oliveira mora no trailer instalado no local há quatro anos e afirma nunca ter enfrentado problemas com a chuva. "Eu não esperava isso. Meu documentos e tudo o que eu tenho está lá dentro. Nem sei direito o que eu perdi de vez. Mas mesmo assim acho que tive sorte de escapar."

CPTM

A circulação de trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) ficou totalmente inoperante até o início da manhã nas linhas 9 - Esmeralda (Osasco - Grajaú) e 10 - Turquesa (Luz - Rio Grande da Serra). As operações, de acordo com a CPTM, já são realizadas parcialmente nas duas linhas.

Na linha 9 - Esmeralda (Osasco - Grajaú), a circulação de trens foi iniciada as 6 horas, entre as estações Osasco e Granja Julieta. Na Linha 10 - Turquesa (Luz - Rio Grande da Serra), as composições começaram a circular a partir das 6h10 no trecho entre Rio Grande e São Caetano. Nas demais linhas (7 - Rubi, 8 - Diamante, 11 - Coral e 12 - Safira) a operação transcorre normalmente. O telefone do Serviço de Atendimento ao Usuário é o 0800 - 055 0121.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG