Temporal deixa 12 mortos no Rio Grande do Sul

Chuva durou aproximadamente 20 minutos e causou estragos em várias cidades do Estado

iG São Paulo |

Pelo menos 12 pessoas morreram por conta do temporal que atingiu cidades do Rio Grande do Sul, na noite de sexta, de acordo com informações da Defesa Civil. As mortes foram registradas em Sapucaia do Sul, Novo Hamburgo, Fazenda Vilanova e Igrejinha, onde houve o maior número de vítimas.

Agência RBS
Casas são soterradas em deslizamento de terra em Igrejinha, no Rio Grande do Sul
Seis casas foram soterradas em Igrejinha. Até o meio da tarde, seis corpos já haviam sido retirados, dois de mulheres, uma com 41 anos e outra com 43, um de um homem de 42 anos, um de uma criança de nove anos, um de um menino de 11 anos e o último de uma mulher de 19 anos. No início da noite, o corpo de mais um jovem foi encontrado. Também foram resgatadas 20 pessoas com vida. 

AE
Em Igrejinha, Defesa Civil resgatou 20 pessoas com vida
Em Novo Hamburgo, as três crianças morreram soterradas após o desabamento de uma casa. Em Fazenda Vilanova, no Vale do Taquari, um galpão caiu e atingiu um agricultor de 67 anos. Outro homem morreu eletrocutado, em Sapucaia do Sul.

Para este sábado, meteorologistas preveem que uma frente fria vinda da Argentina se encontrará com o ar quente que está sobre o território gaúcho, podendo gerar mais temporais. Na noite de amanhã, o tempo começa a ficar mais frio, e as baixas temperaturas permanecerão por todo o domingo.

AE
Temporal também derrubou árvores e deixou áreas sem energia elétrica
Transtornos

Cerca de 190 mil pessoas ficaram sem energia elétrica após o temporal na região metropolitana de Porto Alegre. No sábado, o serviço foi restabelecido. A chuva, que durou aproximadamente 20 minutos, gerou estragos em todas as regiões. Postes tombaram, interrompendo avenidas, e árvores caíram sobre carros. Dezenas de semáforos ficaram fora de serviço. O temporal também fez com que a temperatura caísse bastante.

Até esta manhã, mais de 50 mil domicílios estavam sem energia elétrica. Na área de concessão da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE), 9,5 mil clientes estavam com o serviço prejudicado na região metropolitana, em Porto Alegre, e na cidade de Viamão.

De acordo com a AES Sul, por volta das 8h30, 45 mil consumidores da companhia estavam sem energia elétrica devido ao temporal. O maior volume de ocorrências foi registrado em São Leopoldo (11 mil). Moradores de Sapucaia, Canoas, Esteio, Dois Irmãos e Estrela também estavam sem luz.

* Com AE

    Leia tudo sobre: temporalchuvaporto alegre

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG