Rio Grande do Sul tem 33 municípios em emergência por conta da estiagem

Seca já afeta mais de 222 mil pessoas no Rio Grande do Sul. Há áreas do Estado em que não chove há 60 dias

iG São Paulo |

Mais três municípios do Rio Grande do Sul decretatam situação de emergência nesta terça-feira por conta da estiagem que atinge regiões do Sul do País. De acordo com a Defesa Civil estadual, Boa Vista das Missões e Pinhal, no norte do Estado, e Nova Palma, na região central gaúcha, são as mais recentes cidades afetadas pela seca.

Em janeiro de 2011: Rio Grande do Sul vive clima de extremos e pede ajuda da União

Águas de janeiro: Minas Gerais e Rio de Janeiro enfrentam problemas com a chuva

Problema com data marcada:  "Eles serão menores, mas nós teremos prejuízo"

AE
Solo afetado pela estiagem na cidade de Estância Velha, Rio Grande do Sul, no fim de 2010.
A Defesa Civil informou que outros 21 municípios encaminharam notificação preliminar de desastre (Nopred) e também poderão entrar em situação de emergência. A seca já afeta mais de 222 mil pessoas no Estado.

Os outros municípios que estão em situação de emergência são Cruzeiro do Sul, Fontoura Xavier, Engenho Velho, Novo Xingu, Liberato Salzano, Barra Funda, Fortaleza dos Valos, Putinga, Cerro Branco, Crissiumal, São Pedro das Missões, Constantina, Rodeio Bonito, Ilópolis, Coronel Bicaco, Passo do Sobrado, Chiapetta, Santa Cruz do Sul, Frederico Westphalen, Ibirubá, Lagoão, Vila Maria, São José das Missões, Jóia, Pinhal Grande, Palmeira das Missões, Arroio do Meio, São José do Herval, Cristal do Sul, e Jaboticaba.

Previsão do tempo: veja como estará o clima na sua cidade

As cidades que fizeram notificação preliminar de desastre são Trindade do Sul, Pontão, São Valentim do Sul, Novo Tiradentes, Herveiras, Progresso, Arroio do Tigre, São Paulo das Missões, Tapera, Rondinha, Lagoa dos Três Cantos, Serafina Corrêa, Barros Cassal, Segredo, Anta gorda, Capão do Cipó, Cachoeira do Sul, Boa Vista do Buricá, Redentora, São Valério do Sul, Campo Borges e Restinga Seca.

Segundo a Defesa Civil do Estado, a chuva que caiu em algumas partes do Rio Grande do Sul não foi suficiente para evitar os efeitos da estiagem. Entretanto, o racionamento de água em Novo Hamburgo foi suspenso. Desde 28 de novembro, os moradores estavam com o consumo de água reduzido por causa da falta de chuva.

A previsão para esta terça-feira e quarta-feira em todo o Estado é de tempo parcialmente nublado. Na quinta-feira, há a possibilidade de chuvas em áreas isoladas no nordeste do Estado. Nas demais regiões, o tempo permanece nublado.

    Leia tudo sobre: estiagemsecario grande do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG