Em Porto Alegre, três amigos resolveram criticar, com ironia, as más condições das vias da capital gaúcha

Um vídeo lançado por publicitários na manhã desta segunda na internet brinca com um dos principais problemas de Porto Alegre: os buracos nas ruas. Vestindo roupas tradicionais de golfe, eles praticam o esporte nas ruas, aproveitando os buracos no asfalto, e "comemoram" o fato de viverem, segundo a brincadeira, no “paraíso do golfe” mundial.

nullA brincadeira foi filmada há uma semana pelos publicitários Gabriel Gomes, 22 anos, Luciano Braga, 23 e Giovani Groffi, 25. Aproveitando o baixo movimento no trânsito no sábado de manhã, eles pegaram tacos e bolas de golfe, vestiram-se a caráter e foram praticar o esporte em ruas esburacadas da capital gaúcha.

“Nossas ações têm esse caráter de fazer pensar. Nada é apenas a ideia pela ideia, queremos que as pessoas parem e pensem pelo menos cinco minutos”, explica Gabriel.

Em outubro do ano passado, os publicitários haviam produzido um primeiro vídeo, que questionava a população sobre o que fazer durante o tempo livre. Um aparelho de ginástica foi instalado em um ponto de ônibus e, do lado, um cartaz convidava: “mexa-se”.

A ideia de jogar “streetgolf” nos buracos das ruas surgiu depois que Gabriel voltou de uma viagem, onde comprou os equipamentos do esporte. O vídeo brinca com um dos problemas enfrentados diariamente pelos motoristas da capital gaúcha.

“Dos nossos vídeos foi disparado o que mais bombou. Muitas pessoas tuitaram. É um vídeo divertido e que fala sobre uma coisa importante. Não é agressivo e fala de Porto Alegre, por isso as pessoas se identificam”, acredita Gabriel. Segundo o publicitário, vários buracos foram cortados da edição final, porque o vídeo ficaria muito grande.

Os buracos nas ruas da capital gaúcha são uma das principais reclamações dos motoristas. Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) informou que mantém um programa contra os buracos desde 2007. Até hoje, foram recapeados cerca de 81 quilômetros de vias, com investimentos de R$ 26 milhões.

A etapa mais recente do trabalho foi realizada entre o final do ano passado e abril deste ano em dez quilômetros de ruas e avenidas. A Smov também mantém um trabalho de “tapa buracos”. Diariamente, são aplicadas de 25 a 50 toneladas de asfalto nas ruas da cidade, com 11 equipes que atuam na manutenção.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.