Justiça ouve ciclistas atropelados em Porto Alegre

Há outra audiência marcada para o dia 16 de agosto, quando serão ouvidas 13 testemunhas de acusação

AE |

selo

Os ciclistas atropelados em fevereiro pelo bancário Ricardo Neis, de 47 anos, foram ouvidos no Foro Central de Porto Alegre nesta quinta-feira. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), foram intimadas 17 testemunhas do acidente, mas uma delas não compareceu à audiência por não residir na cidade. Seu depoimento será prestado através de carta precatória. 

Há outra audiência marcada para o dia 16 de agosto, quando serão ouvidas 13 testemunhas de acusação. 

Ricardo Neis foi solto em abril após ficar preso preventivamente por quase um mês. Ele responderá por tentativa de homicídio e será julgado pelo tribunal do júri na capital gaúcha. Por solicitação do Ministério Público (MP), ele teve sua carteira de habilitação suspensa. 

Os ciclistas foram atropelados na região central de Porto Alegre no final de fevereiro, quando faziam um passeio noturno. Ninguém morreu ou sofreu ferimentos graves.

null

    Leia tudo sobre: atropelamentociclistasrio grande do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG