Gripe suína faz quarta vítima no RS

Um bebê de dez meses morreu no dia 8 e a causa foi confirmada nesta quinta-feira pela Secretaria da Saúde

AE |

selo

Um bebê de dez meses, de Santa Cruz do Sul, é a quarta vítima da gripe A (H1N1) neste ano no Rio Grande do Sul, único Estado do País que registrou óbitos provocados pela doença em 2011. A criança morreu no dia 8 e a causa foi confirmada nesta quinta-feira pela Secretaria da Saúde, ao final de uma investigação epidemiológica com familiares.

Antes do bebê, o Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) havia constatado que gripe A (H1N1) matou uma mulher de Pelotas, de 42 anos, no dia 11, uma mulher de Anta Gorda, de 48 anos, no dia 6, e um homem de Bagé, de 71 anos, no dia 9 de junho. Nenhuma das vítimas estava vacinada contra a doença.

Neste ano, o Cevs recebeu 191 notificações de casos suspeitos de gripe A (H1N1) e confirmou nove, entre os quais estão os quatro que evoluíram para óbito. Dos restantes, 166 foram descartados e 16 estão em investigação.

A Secretaria da Saúde sustenta que a situação é de normalidade para a época do ano, sem característica de epidemia. Lembra, ainda, que também foram notificadas duas mortes pelo vírus da gripe comum. E anunciou, como medidas para manter a situação sob controle, o reforço na divulgação de medidas preventivas e a distribuição do medicamento antiviral para tratamento de pacientes que apresentem síndrome respiratória aguda grave. O Estado também ampliou o estoque de vacinas com mais cem mil doses, que se somaram às 180 mil já disponíveis.

    Leia tudo sobre: gripe suinagripe h1n1

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG