Chuva volta a causar morte no Rio Grande do Sul

Grupo de estudantes foi surpreendido por forte enxurrada. Um deles morreu e outra está desaparecida

Daniel Cassol, iG Rio Grande do Sul |

A forte chuva que atingiu pontos isolados do Rio Grande do Sul no domingo voltou a provocar estragos e mortes na região do Vale do Rio dos Sinos, uma das mais atingidas neste verão. Um jovem morreu e outra segue desaparecida depois que um grupo de amigos foi surpreendido pela enxurrada de um córrego localizado em Dois Irmãos, a 60 quilômetros de Porto Alegre. A região já havia registrado uma morte em decorrência da chuva em fevereiro.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Dois Irmãos, nove jovens passavam o domingo em um sítio de propriedade da Família Lima, que funciona como um balneário aberto ao público, quando foram surpreendidos pela enxurrada no arroio Feitoria. Não foi registrada chuva em Dois Irmãos, tanto que a área urbana não registrou estragos, mas a água que caiu na cabeceira do arroio provocou a enxurrada em questão de minutos.

“Segundo informações, a cheia foi repentina. Quando eles viram, veio a enxurrada. Choveu torrencialmente por cerca de duas horas”, diz o sargento Paulo Giovani Moraes. Os bombeiros resgataram sete integrantes do grupo, mas duas pessoas ficaram desaparecidas.

O corpo do estudante Breitner Bortoluzzi Bender, 21 anos, foi encontrado no início da tarde desta segunda, nas margens do arroio, a dois quilômetros do ponto onde o grupo se encontrava. Os bombeiros trabalham nas buscas da estudante Cristiana Reis, 20 anos, que permanece desaparecida.

Na mesma região, localizada em uma parte mais alta em relação a Dois Irmão, a cidade de Santa Maria do Herval registrou quase 200 milímetros de chuva em pouco mais de duas horas. Diversas localidades do interior do município tiveram casas alagadas, além de estradas e pontes danificadas. A área urbana também foi afetada. As aulas das escolas estaduais e municipais foram suspensas por uma semana. A prefeitura vai decretar situação de emergência no município.

A região do vale do rio dos Sinos vem sendo atingida por fortes chuvas nas últimas semanas. Um morador de São Leopoldo já havia morrido no início de fevereiro, vitimado por um choque elétrico enquanto tentava socorrer uma vizinha na periferia da cidade.

As regiões da Serra e do Vale dos Sinos devem ter novos problemas provocados pela chuva ao longo da semana. De acordo com a empresa MetSul Meteorologia, o forte calor e a umidade alta podem resultar em novos temporais na região. Só em fevereiro, 19 cidades gaúchas foram atingidas por enxurradas.

    Leia tudo sobre: chuvario grande do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG