Após naufrágio, pai e filhos se salvam nadando cerca de 12 km no RS

Os três ficaram cerca de 15 horas no mar. Dois estavam com colete salva-vidas e um se agarrou a uma boia

AE |

selo

Um pai e dois filhos foram resgatados nesta quinta-feira depois ficar mais de 15 horas à deriva do mar, em Viamão, na região metropolitana de em Porto Alegre. Daurélio Braga da Cunha, de 54 anos, e os filhos Ataíde Felipe da Cunha, de 26 anos, e Leonardo Oliveira da Cunha, de 15 anos, apresentavam um quadro de hipotermia e foram encaminhados ao Pronto Atendimento de Saúde Restinga, em Porto Alegre.

Relembre outro caso: Pescadores resgatados beberam água do radiador e urina ‘gelada’

AE
Helicóptero usado no resgate do pai e dois filhos na região metropolitana de Porto Alegre

Segundo os bombeiros, a família saiu da praia do Lami, na manhã desta quarta-feira. Horas depois, o casco da embarcação se rompeu e o barco começou a afundar entre Viamão e Palmares do Sul. O pai e o filho mais novo usaram coletes salva vidas. O outro filho ficou agarrado a uma boia. Estima-se que eles nadaram cerca de 12 quilõmetros.

O Corpo de Bombeiros começou as busca por volta das 18h30 de ontem após receber um pedido de resgate pelo rádio, mas às 21h os trabalhos foram suspensos.

As equipes retomaram as buscas às 6h de hoje. O helicóptero da Polícia Militar (PM) foi acionado e auxiliou no resgate. Os três foram levados para hospitais da região. Segundo os bombeiros, eles passam bem.

    Leia tudo sobre: naufrágiopescadoresrio grande do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG