Pequenos produtores fecharam rodovia na região da capital gaúcha para protestar contra falta de ajuda a atingidos pela seca

selo

Cerca de 700 integrantes do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) realizaram uma passeata em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, provocando congestionamentos na cidade, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Leia também: MST bloqueia rodovia no Rio Grande do Sul

Trânsito lento na região de Porto Alegre após protesto de agricultores nesta manhã
AE
Trânsito lento na região de Porto Alegre após protesto de agricultores nesta manhã
O grupo começou a se reunir por volta das 7h15, quando seis ônibus, com cerca de 350 pessoas, pararam na altura do km 97 da rodovia BR-290, segundo a PRF.

Os manifestantes seguiram em passeata até a avenida Castelo Branco, que dá acesso para o centro da cidade, onde se reuniu com outros 350 integrantes, segundo a PRF. De acordo com a PRF, os manifestantes chegaram ao centro por volta das 9h.

Por conta da passeata, o congestionamento chegou a 15 km nos dois sentidos da rodovia e prejudicou o trânsito na região central de Porto Alegre, segundo a PRF.

Segundo o MPA, a seca no Estado vem causando prejuízos para os agricultores e são três as principais reivindicações do grupo para tentar amenizar a situação. Entre elas estão a liberação de um crédito emergencial de R$ 10 mil para cada família de agricultores, anistia para todas as dívidas dos últimos anos provocadas por problemas climáticos e a volta do Proagro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.