Como os corpos não tinham sinais de agressão, a hipótese mais provável é morte associada à baixa temperatura

Agência Estado

O frio pode ter provocado a morte de mais dois homens no Rio Grande do Sul, entre a noite de quarta-feira (24) e a madrugada desta quinta-feira (25). Das 21 horas às 4 horas, o Instituto Médico Legal recolheu três corpos nas ruas de Porto Alegre. Até o final da tarde desta quinta-feira confirmou que a causa de um dos óbitos foi violência enquanto a dos outros dois não estava esclarecida.

Outros casos:
Frio pode ter matado morador de rua em São Paulo
Casal morre no interior de São Paulo ao improvisar aquecedor para o frio
RS enfrenta temperatura abaixo de zero e tem 2ª morte por causa do frio

Como os corpos não tinham sinais de agressão, a hipótese mais provável é que tenham sofrido algum mal, como enfarte ou bloqueio cardiorrespiratório, associado à exposição à baixa temperatura. As vítimas ainda não foram identificadas. No domingo (21) e na terça-feira (23) morreram outros dois homens expostos ao frio da madrugada em Panambi e Sinimbu.

Leia sobre o frio no resto do País:
Frio bate novo recorde na madrugada em São Paulo
Frio segue intenso e mínima chega a -4,5°C em cidade do Paraná

A madrugada desta quinta-feira foi a mais fria do ano em Porto Alegre, com temperatura mínima de 1,4 graus, segundo o 8º Distrito de Meteorologia. No interior, a mínima foi de três graus abaixo de zero em Santana do Livramento, e não bateu a marca de 4,9 graus negativos registrada pela Metsul Meteorologia em Santa Rosa, na quarta-feira, 24. As geadas se repetiram no nordeste, norte, noroeste, oeste, centro e sul do Estado.

A tendência para os próximos dias é de tempo claro a parcialmente nublado, com madrugadas frias, formação de geadas, e temperaturas em elevação à tarde. A previsão do 8º Distrito de Meteorologia indica que a temperatura oscila de zero grau antes do amanhecer desta sexta-feira, 26, a 25 graus na tarde de segunda-feira (29).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.