Após protestos, aumento da tarifa de ônibus em Porto Alegre é suspenso

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Liminar concedida pela 5ª Vara da Fazenda Pública, a pedido de vereadores do PSOL, determina que o preço volte a ser de R$ 2,85, como era até 25 de março

Agência Estado

Diogo Sallaberry/Futura Press
Manifestantes comemoram liminar que impede aumento da passagem

A Justiça do Rio Grande do Sul suspendeu o aumento das tarifas dos ônibus urbanos de Porto Alegre no final da tarde desta quinta-feira (4). A liminar concedida pelo juiz Hilbert Maximiliano Akihito Obara, da 5ª Vara da Fazenda Pública, a pedido dos vereadores Pedro Ruas e Fernanda Melchionna, ambos do PSOL, determina que o preço volte a ser de R$ 2,85, como era até 25 de março. 

O município e as operadoras do transporte coletivo terão de cumprir a determinação logo que forem notificados, mas podem apresentar recursos para tentar revertê-la.

Relembre: Protesto contra aumento da passagem acaba em confusão em Porto Alegre

A notícia foi divulgada pelas rádios locais quase ao mesmo tempo em que centenas de pessoas estavam iniciando mais um protesto contra o reajuste diante do Paço Municipal. 

Os manifestantes vibraram, mas permaneceram na praça Montevidéu por mais uma hora, sob chuva torrencial. Depois saíram em passeata pelas ruas centrais da cidade.

Leia tudo sobre: rio grande do sulprotestopassagemônibusPorto Alegre

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas