Três pacientes deixaram o Hospital de Clínicas e dois o Moinhos de Vento. Cento e dezenove pessoas permanecem internadas Santa Maria, Porto Alegre, Canoas, Ijuí e Caxias do Sul

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul anunciou nesta sexta-feira as primeiras altas hospitalares entre os pacientes que estavam internados em hospitais de Porto Alegre, após se ferirem no incêndio em Santa Maria. Três pacientes deixaram o Hospital de Clínicas e dois o Moinhos de Vento.

'Tirem suas próprias conclusões', diz delegado ao postar foto de show na Kiss
Veja a cobertura completa do iG sobre o incêndio em Santa Maria
Galeria: Saiba quem são as vítimas do incêndio em boate de Santa Maria

Cinco dias após o incêndio na boate Kiss, 119 pessoas permanecem internadas em hospitais de Santa Maria, Porto Alegre, Canoas, Ijuí e Caxias do Sul. Desses, 59 estão com ventilação mecânica. 

Oito hospitais da região metropolitana de Porto Alegre estão tratando os feridos. São 54 pacientes no total: nove em enfermaria e 45 em UTI (destes, 40 com ventilação mecânica e 05 sem).

Perícia: 'Foi a espuma que matou todo mundo', diz delegado de Santa Maria
Brigada Militar abre inquérito para investigar ação de bombeiros

Em Santa Maria, onde três hospitais atendem as vítimas do incêndio, há 63 feridos internados: 45 sem ventilação mecânica e 18 com ventilação mecânica. Ainda há um paciente na enfermaria em Ijuí e um paciente em Caxias do Sul está na UTI, respirando com a ajuda de aparelhos.

No boletim anterior, na manhã desta sexta-feira, foi divulgada a segunda morte entre os pacientes hospitalizados. Matheus Rafael Raschen, de 20 anos, nascido em Santa Cruz e morador de Santa Maria, estava internado no Hospital Pronto Socorro de Porto Alegre. Com esta confirmação, subiu para 236 o número de óbitos em decorrência do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.