'Caminha pela paz' foi organizada pelo Facebook e reuniu até 15 mil pessoas. Amigos e familiares das vítimas fizeram um minuto de silêncio em frente à boate Kiss

Entre 10 mil e 15 mil pessoas fizeram uma passeata nas ruas de Santa Maria , no Rio Grande do Sul, para homenagear as vítimas do incêndio na boate Kiss. Vestidos com roupas brancas, muitos com cartazes com os rostos de parentes ou amigos mortos, os participantes se concentraram em frente à Catedral Diocesana e seguiram em direção à rua onde está localizada a casa noturna.

Relato: 'Oxigênio acabou e entramos na raça', diz bombeiro de Santa Maria
Após prisão:  Justiça bloqueia bens dos donos de boate em Santa Maria
Saiba quem são as vítimas do incêndio em boate de Santa Maria

Em frente ao local da tragédia, foi feito um minuto de silêncio, quando 231 balões brancos foram soltos em direção ao céu, em referência ao número de mortos. Flores foram colocadas no local. A multidão aplaudiu e, logo em seguida, gritou por justiça repetidas vezes. O hino do Rio Grande do Sul foi cantado pelos participantes durante a caminhada.

Com muita gente comovida, rezando, aplaudindo, gritando por justiça, a manifestação prosseguiu pelas principais ruas da cidade até o Centro Desportivo Municipal, onde a maioria das vítimas foi reconhecida e parte, velada. A manifestação, composta principalmente por jovens, foi organizada pelas redes sociais, principalmente pelo Facebook.

Internados

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul informou, na noite de segunda-feira (29), que 129 vítimas do incêndio seguem internadas: 76 em estado grave e 53 em observação. Ao todo, 231 pessoas morreram na tragédia.

Conforme a Central Estadual de Regulação, 54 vítimas em estado grave já foram transferidas para a Região Metropolitana: 51 estão em Porto Alegre e outros três em Canoas. Os pacientes estão sendo transportados em helicópteros e aeronaves da Força Aérea Brasileira, com suporte terrestre das ambulâncias do Samu 192.

*com Agência Brasil e O Dia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.