Polícia prende suspeito de assalto a fábrica de joias na serra gaúcha

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Policiais foram alertados por moradores, que viram o homem andando pela cidade. Crime aconteceu na madrugada do dia 30 de dezembro em Cotiporã

Agência Estado

A Brigada Militar prendeu na noite deste domingo um homem suspeito de ter participado do assalto com reféns a uma fábrica de joias, na semana passada, em Cotiporã, na serra gaúcha. Os policiais foram alertados por moradores, que viram o homem andando pela cidade, a cerca de dois quilômetros do local do assalto.

Leia também: Decretada prisão preventiva de três assaltantes de Cotiporã-RS

Durante a abordagem, foi constatado que o suspeito possui um ferimento na cabeça - semelhante a um tiro de raspão - e marcas de tiro em um braço e um dedo. Além disso, ele está abalado psicologicamente, conforme informações preliminares.

Até às 23h, a polícia ainda estava tentando confirmar sua identidade. Na madrugada do dia 30 de dezembro, ao menos oito homens fortemente armados explodiram a fábrica de joias Guindani no centro de Cotiporã. Na fuga, tomaram mais de trinta pessoas como reféns. As polícias civil e militar fizeram um grande cerco ao bando, mas quatro conseguiram fugir. Três bandidos morreram em troca de toris com os policiais.

Leia tudo sobre: cotiporãassaltofábrica de joiasrio grande do sul

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas