Roubos crescem 30% no litoral de SP, aponta secretaria

SÃO PAULO - Os roubos cresceram em 13 das 15 cidades do litoral paulista de janeiro a março deste ano, em comparação com igual período de 2008. Foram 4.655 roubos ante 3.583 nos três primeiros meses do ano passado - aumento de 30%.

Agência Estado |

As estatísticas da Secretaria de Segurança Pública (SSP), divulgadas na quinta-feira, mostram que mais cidades litorâneas ultrapassaram a barreira de cem roubos no primeiro trimestre. Em 2008, eram seis. Neste ano, nove. Entraram na categoria, em 2009, Ubatuba, cujo salto foi de 67 para 123; Peruíbe, de 80 para 120; e Mongaguá, de 89 para 119.

Os aumentos mais expressivos foram registrados em Iguape, no litoral sul, onde os roubos aumentaram de quatro para nove casos (125%); Ilhabela, de 14 para 26 (86 %), e Ubatuba (84%). Essas duas cidades estão entre as mais badaladas do litoral norte.

No vizinho município de São Sebastião, outro ponto nobre do litoral norte, os roubos aumentaram de 56 para 88: elevação de 57%. Em Bertioga, no litoral sul, as ocorrências de roubo passaram de 44 para 71 (61%).

A situação também é preocupante na Baixada Santista. No Guarujá os roubos subiram de 485 para 748 (54%); em São Vicente, de 673 para 920 (37%); em Praia Grande, de 781 para 995 (27%); e em Santos, de 995 para 1.114 (12%). Em Santos, Praia Grande e Guarujá, os números de 2009 superaram os índices de dois anos atrás.

Os roubos também aumentaram em Caraguatatuba - foram 146 casos no primeiro trimestre de 2009 ante 109 em igual período de 2008, elevação de 34%.

As estatísticas da Secretaria da Segurança Pública apontaram queda apenas em duas cidades litorâneas: Itanhaém e Cananeia, ambas no sul. No primeiro município, os assaltos caíram de 175 para 167, redução de 5%. No segundo, os roubos passaram de quatro para zero. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais sobre: roubos

    Leia tudo sobre: roubo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG