LOS ANGELES ¿ O premiado roteirista e escritor norte-americano Budd Schulberg morreu na quarta-feira em Nova York, aos 95 anos, depois de passar mal em sua casa.

Ele foi autor do roteiro de "Sindicato de Ladrões" ("On The Waterfront"), filme premiado com o Oscar, e de romances como "The Harder They Fall" (cuja versão cinematográfica se chamou no Brasil "A Trágica Farsa"). Dirigido em 1954 por Elia Kazan e protagonizado por Marlon Brando, "Sindicato de ladrões" é considerado uma obra-prima do cinema americano e narra a corrupção da máfia e dos sindicatos nos cais de Nova York.

Filho de B.P. Schulberg, poderoso diretor do estúdio Paramount, Budd nasceu em Nova York, em 1914, e se tornou romancista de sucesso a partir da década de 1940, com obras como "What Makes Sammy Run" ("O que faz Sammy correr"). Para o cinema, escreveu também o roteiro de "Um Rosto da Multidão" (1957), entre outros.

Schulberg foi durante um tempo membro do Partido Comunista, mas, posteriormente, o abandonou durante a chamada "caça às bruxas" nos Estados Unidos, quando delatou seus ex-companheiros.

Leia mais sobre: cinema

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.