Roseana escolhe secretariado com perfil mais político

Ao contrário do que ocorreu nas outras duas primeiras administrações no Maranhão, o secretariado de Roseana Sarney (PMDB), que tomou posse nesta sexta-feira como governadora do Estado, tem um perfil mais político do que técnico.

Agência Estado |

Na lista dos primeiros 25 secretários e diretores de autarquias que devem ser confirmados na segunda-feira, cinco são deputados estaduais: Raimundo Cutrim (DEM), na Segurança Pública; César Pires (DEM), na secretaria de Educação; Max Barros (DEM), na Infraestrutura; Hélio Soares (PP), na Minas e Energia, e o então líder do bloco de oposição ao governo Jackson Lago na Assembleia Legislativa, Ricardo Murad (PMDB). Murad assumirá a Secretaria de Saúde.

Além disso, o secretariado de Roseana Sarney detém outras características curiosas. A governadora empossada deverá proporcionar o ressurgimento político do ex-prefeito de São Luís Tadeu Palácio (PDT), que assumirá a Secretaria de Turismo e promoverá a estreia de Paula Lobão em um cargo de gestão pública. Paula Lobão é esposa do senador Edson Lobão Filho e apresentadora de televisão e de um programa de rádio. Paula assumirá a Secretaria da Mulher do governo Roseana Sarney.

A posse do secretariado de Roseana Sarney acontecerá às 10h, no Palácio dos Leões, caso ele seja desocupado por Lago e aliados. Lago, que teve a cassação confirmada ontem pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ocupa a sede do governo do Maranhão com cerca de 500 aliados. Ele teve o mandato cassado por abuso de poder político e, por essa razão, o TSE determinou que a segunda colocada nas eleições de 2006, Roseana, assumisse o cargo.

    Leia tudo sobre: maranhão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG