Rompimento de cabos atrasou voos, explica Aeronáutica

O rompimento de dois cabos de fibra ótica da Embratel tirou do ar várias frequências de rádio usadas pelo Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta-1) para controlar o espaço aéreo brasileiro e levou à suspensão de vários voos na manhã de hoje entre Brasília e São Paulo. Segundo nota divulgada esta tarde pela Aeronáutica, o defeito foi detectado às 11h15, quando controladores de voo perderam contato com aeronaves e tiveram de buscar frequências de comunicações alternativas.

Agência Estado |

Para evitar problemas de segurança, a Aeronáutica suspendeu, então, todos os voos entre São Paulo e Brasília. O sistema foi restabelecido às 15h15 e o Centro de Gerenciamento e Navegação Aérea e as companhias aéreas estão restabelecendo os voos e promovendo as alterações e redirecionamentos necessários.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG