Rodovias de SP, Rio e MG têm aumento de mortes

Feriado de Corpus Christi em 2010 foi mais violento que o de 2009. Nos três Estados, polícia registrou quase 2 mil acidentes

iG São Paulo |

AE
Grave acidente na rodovia MG 427 deixou uma pessoa morta no domingo
O feriado de Corpus Christi deste ano foi mais violento que o de 2009 nas estradas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, segundo balanço divulgado pelas polícias rodoviárias. Juntos, os três Estados contabilizaram 1928 acidentes, que deixaram 92 mortos e outros 393 feridos.

Para a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a imprudência continua sendo um fator determinante para a violência no trânsito. Somente nas estradas paulistas, por exemplo, 89 motoristas foram detidos por embriaguez ao volante.

O Espírito Santo foi outro Estado que se destacou de forma negativa. Enquanto no ano passado não houve registro de nenhuma morte, em 2010, 11 pessoas perderam a vida nas estradas.

São Paulo

Em São Paulo, a operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi da quinta-feira, dia 3, ao domingo, dia 6. Neste período, foram registrados 145 acidentes, que deixaram 58 feridos e seis mortos. Em 2009, o feriado foi do dia 11 ao 14, período em que a polícia contabilizou 120 acidentes, com 54 feridos e três mortos. A polícia prendeu 16 motoristas por embriaguez ao volante, snedo 9 somente no domingo.

Já nas estradas estaduais, a Secretaria Estadual dos Transportes de São Paulo indica que houve uma queda de 26,6% no índice de mortes em relação ao mesmo feriado do ano passado. Neste ano, aconteceram 1.256 acidentes, que deixaram 53 pessoas mortas e 586 feridas. A Secretaria não divulgou o número do ano passado, mas afirma que caiu 26,6% o índice de mortes e 10,7% o de acidentes. Para chegar a este número são avaliados o número absoluto de acidentes, o volume médio de veículos e a extensão das rodovias.

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro os acidentes se tornaram mais letais em 2010. Enquanto a PRF verificou redução de 11% no número de acidente e feridos, houve 28% de aumento no número de mortos. Aconteceram 161 acidentes, com 67 pessoas feridas e nove mortos contra 180 acidentes, com 75 feridos e sete mortos em 2009.

A maior parte dos acidentes aconteceu no trecho norte da BR-101. Somente entre Itaboraí e Campos foram 32 colisões com seis mortes. A polícia rodoviária considera que, pelo fato das estradas estarem liberadas a maior parte do tempo, os motoristas abusaram da velocidade. Além disso, as pistas escorregadias devido às chuvas o que pode ter contribuído para o maior número de acidentes violentos.

Minas Gerais

Minas Gerais é tido pela Polícia Rodoviária como um dos Estados mais violentos do País quando o assunto é acidentes nas estradas. Em 2010, ocorreram 366 acidentes, sendo 103 somente no domingo. Eles deixaram 215 feridos e 24 mortos. Em 2009, foram 353 acidentes, com 221 feridos e 16 mortos.

Outros Estados

Na Região Nordeste, a PRF confirmou 311 acidentes nos sete Estados onde foi realizada a Operação Corpus Christi. A Bahia lidera a lista, sendo responsável por quase metade desse número, com 134 acidentes (43%). As estradas maranhenses apresentaram a menor quantidade: 23 dos 311.

A região contabilizou 27 mortes e, mais uma vez, a Bahia teve o maior índice: 12. Em seguida, está o Rio Grande do Norte, com quatro, e Alagoas, com três. Os demais estados registraram duas mortes cada um.

AE
Acidente na BR-420, na Bahia, deixou 17 mortos na noite de sexta-feira, sendo 16 adolescentes

*Com informações das Agências Estado e Brasil

    Leia tudo sobre: acidentesestradasferiadocorpus christi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG